Geral

Uvesc: Menos vereadores em evento

ADESÃO PELOS INTEGRANTES DE LEGISLATIVOS MUNICIPAIS CATARINENSES NÃO FOI LÁ ESSAS COISAS

Nem a presença do governador Jorginho Mello e de outras autoridades e especialistas para discutir sobre assuntos, em tese, de interesse dos quase 3.000 vereadores existentes em Santa Catarina se constituíram em fatores suficientes para lotar o Auditório Antonieta de Barros (dentro da Alesc). O encontro estadual foi promovido pela Uvesc nesta semana em Florianópolis.

Cadeiras vazias em um auditório para 600 pessoas, considerando quase 3 mil vereadores no Estado, evidencia certa indiferença dos mesmos para esse tipo de evento.

CUSTO AOS MUNÍCIPES

Via de regra, esse tipo de encontro repercute em gastos públicos suportados pelas Câmara de Vereadores e, por tabela, pela população. Muitos vereadores se deslocam para acompanhar tais encontros com diárias para custear transporte, hospedagem e alimentação.

JORGINHO, O VEREADOR

Antes de ser governador, Jorginho Mello ‘fez estágio’ no primário da política que é a função de vereador. Ele atuou no legislativo como vereador em Herval D’Oeste (do outro lado da ponte em Joaçaba) entre os anos de 1977 e 1980. “Os vereadores são o para-choque de todos os anseios da sociedade, porque eles estão lá, pertinho do município”, sinalizou o governador na passagem pelo evento da Uvesc.

Entre flores e falas, governador Jorginho com o presidente da Alesc, Mauro de Nadal, durante a programação do encontro promovido pela Uvesc

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *