Geral

Ministro convidado para Festa da Maçã

NA PAUTA EM BRASÍLIA AINDA ESTIVERAM OS ENCAMINHAMENTOS PARA INSTALAÇÃO DE ESCOLA CÍVICO-MILITAR EM SÃO JOAQUIM

Prefeito Giovani Nunes repete um ritual que era comum com o saudoso Rogério Tarzan. Nas incursões em Brasília, entre uma agenda e outra, autoridades recebem maçã. As caixas oriundas do maior produtor de maçã do Brasil servem para que, naquelas demandas apresentadas, os gestores lembrem com carinho o gesto feito. Mas na incursão à Brasília desta semana, as caixas de maçã tiveram um motivo a mais: convidar autoridades para a festa que, neste ano, por causa dos resquícios de pandemia, foi programada numa edição especial para setembro.

Acompanhado da deputada Giovânia de Sá e do secretário da Educação, Fabiano Padilha, prefeito Giovani foi ao Ministério do Turismo levar o convite para o evento. O convite e a caixa de maçã.

RAZÃO DA VIAGEM À BRASÍLIA

Secretário Fabiano Padilha (Educação) e o prefeito Giovani Nunes cumpriram agenda nesta semana no DF por causa do seminário relacionado à instalação do modelo cívico-militar em uma unidade municipal de ensino de São Joaquim. A escola municipal Jurema Hugem Palma é a estrutura que receberá o modelo diferenciado de ensino.

Documento enviado para o então Ministro Milton Ribeiro credenciando a referida escola para instalação do sistema de ensino diferenciado em São Joaquim

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *