Geral

Moisés e uma bijajica com dona Celita

AGENDA MOSTRA UM GOVERNADOR MOISÉS MAIS POPULAR E COM O PÉ NA ESTRADA DE OLHO NO PROJETO DE 2020

Na última passagem por Lages o governador Moisés surpreendeu a todos. Fora da agenda, sem avisar ninguém esteve conferindo a estrutura pronta para entrar em funcionamento da nova ala do hospital Tereza Ramos, após serem vencidas várias inconsistências da obra. Não queria uma agenda formal para não dar conotação de inauguração, visto que entendia que a nova ala precisava de funcionalidade e não de solenidade. Não ganhou publicidade, mas o governador Moisés aproveitou a boca da noite do dia da visita para visitar uma torcedora pela caminhada dele.

DONA CELITA NO BAIRRO SÃO LUÍS

Como são visitas mais pessoais, essas visitas não vão para o registro de agenda. Mas tivemos acesso. Quando fora afastado do cargo, numa das oportunidades que recebeu Lucas Neves e um grupo de lideranças de Lages, proseou parte de uma tarde sobre assuntos aqui da região. Era uma prosa tão tranquila que sobrou tempo para receber uma ligação de vídeo de dona Celita, moradora do bairro São Luís de Lages. Ela lamentara a injustiça que faziam com o governador de afastá-lo da função e garantiu que estava rezando pelo seu retorno.

PROMESSA DE MOISÉS

Aos presentes na prosa com dona Celita, Moisés prometeu que, na primeira oportunidade após retornar ao cargo, iria visitar a ilustre eleitora com a qual se sensibilizou com as palavras. E não deu outra. A oportunidade foi na última visita a Lages. Com Lucas Neves como guia e interlocutor, lá foi a comitiva para o bairro São Luís surpreender dona Celita. Nem precisa dizer a emoção dela ao ver o grupo liderado pelo governador Moisés batendo na sua porta e inclusive tomando um café com bijajica.

Dona Celita e o esposo recebendo Lucas Neves e o governador Moisés em casa no bairro São Luís

A moradora (e torcedora pelo governador) acenando aos vizinhos diante da presença ilustre que incluiu o secretário de Estado da Saúde, André Mota Ribeiro

Ninguém deixou a casa, inclusive Lucas Neves e Juliano Chiodelli, sem antes o café com bijajica ouvindo a prosa do governador Moisés e dona Celita

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *