Geral

Moisés: R$ 1 bilhão aos professores em 2022

VALORES SE REFEREM À POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO E REAJUSTE NA TABELA DO MAGISTÉRIO. E TEM MAIS NOTÍCIA BOA A CAMINHO PARA A CLASSE

Governador Carlos Moisés enviou o homem forte da Casa Civil, Eron Giordani e mais o secretário da Educação, Luiz Fernando Vampiro, para a missão de entregar na Alesc um verdadeiro pacote de bondades ao magistério. Logicamente que se trata providências que os professores merecem (e merecem até mais que isso), mas se constitui num aceno concreto de valorização à classe em Santa Catarina.

O QUE TEREMOS?

Foi protocolado o projeto de reajuste da tabela do magistério, valorizando a qualificação dos professores. Ao mesmo tempo, o Governo vai investir em bolsas de pós-graduação aos profissionais, garantindo a oportunidade para a progressão na carreira. A proposta beneficia mais de 77 mil servidores. “Em 2022, vamos investir mais de R$ 1 bilhão na valorização dos professores, com a política de remuneração mínima e o reajuste da tabela do magistério. Assim asseguramos as condições para que os profissionais progridam na carreira, qualificando a educação catarinense como um todo”, afirmou o governador Moisés, sobre a iniciativa protocolada na Alesc.

PERCENTUAIS PREVISTOS

O projeto garante reajuste mínimo de 10% da tabela. Os reajustes mais significativos foram concedidos aos profissionais com mestrado e doutorado, que terão incrementos de 28,8% a 56,4%. A mudança se aplica também aos servidores inativos. O reajuste beneficia 19.520 servidores ativos, 27.955 inativos e 30.208 ACT, totalizando 77.683. Com isso, o salário final da carreira de um professor doutor passa dos atuais R$ 7.084 para R$ 11.086, já a partir de janeiro de 2022.

BOLSAS PARA QUALIFICAÇÃO

Na semana passada, o governador Carlos Moisés anunciou investimento de R$ 15,5 milhões para a qualificação dos profissionais da educação de Santa Catarina. A iniciativa inclui 1,1 mil bolsas de pós-graduação para professores, contemplando especialização, mestrado e doutorado. Considerando as bolsas de pós-graduação concedidas desde o início do ano, o investimento chega a R$ 28,6 milhões, com 1,8 mil beneficiados.

Eron Giordani (esquerda) e Vampiro (centro) na entrega do projeto na Alesc com o presidente Nadal e integrantes da comissão de Educação no parlamento estadual

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *