Geral

Moisés semeia recursos e discursos

EM CAMPOS NOVOS O GOVERNADOR PARTICIPOU DA ABERTURA DO SHOW TECNOLÓGICO COPERCAMPOS

“O Plano 1000 vai permitir distribuirmos R$ 7 bilhões para todos os municípios catarinenses nos próximos 5 anos, independente de bandeira partidária. É justiça tributária. É distribuir recurso por habitante e não pela geografia das urnas, como costumo dizer, que se fazia a distribuição dos recursos”.

Nesse registro emblemático com dois deputados (Titon do MDB e Altair Silva do PP), o governador Moisés deu o tom do discurso durante o evento em Campos Novos, pregando a não discriminação política e a perspectiva de que quer ficar mais quatro anos para entregar tudo que planeja aos municípios, via Plano 1000.

Aliás, esse registro aponta exatamente a estratégia de Moisés: Filiar-se a um partido neutro e ter o apoio tanto do MDB de Titon quanto do PP de Altair, nem que não seja oficialmente, mas através das lideranças que reconhecerem a parceria de agora e a perspectiva do estarmos juntos mais adiante. O progressista Altair Silva, por exemplo, segue por mais 40 dias como secretário de Agricultura e depois deixa a pasta para concorrer à reeleição a Estadual. Estando esse tempo todo no staff de Moisés, não se consegue vê-lo num palanque adversário do atual governador.

OUTROS REGISTROS EM CAMPOS NOVOS

Moisés incorpora um estilão mais solto, nas andanças, diferente do estilo mais recolhido do ‘início de carreira’ na política

Procura inclusive manter um eleitorado do agronegócios onde conquistou sete em cada dez votos na eleição passada

A prática de virar o fotógrafo das selfies ele repete com desenvoltura

E assim segue o plantio na expectativa da colheita política adiante, que vai depender de muita peleia ainda nas andanças e nas amarrações até o pleito em si

Fotos: Júlio Cavalheiro/Secom

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *