Geral

MP/SC atesta inocência de Moisés

GOVERNADOR NÃO TERIA CULPA NO EPISÓDIO DA COMPRA DE RESPIRADORES POR R$ 33 MILHÕES

Setores da imprensa noticiam que o Ministério Público julgou pela inocência do governador Carlos Moisés no episódio da compra de respiradores. Não é isso porque o MP/SC não tem poder de julgar, mas de investigar e denunciar. Porém, se essa estrutura de investigação conclui pela ausência de crime, não há de se falar em processo, visto que é a Procuradoria de Justiça que tem essa atribuição de processar o governador.

SIGNIFICA, PORTANTO QUE…

Todos aqueles conteúdos que tentaram condenar o governador por antecipação, restaram meros ataques políticos e/ou ideológicos. A própria avaliação do MP/SC é idêntica à da Polícia Federal, que também já havia investigado o caso. Com isso, o inquérito foi arquivado no que diz respeito à conduta do governador. Foram ouvidas 40 testemunhas e interrogados 19 investigados ao longo das apurações.

DIZ O RELATÓRIO DO MP/SC

“Apesar da exaustiva busca por elementos que denotassem eventual envolvimento do governador do Estado, não foi possível encontrar nenhum indício que o confirmasse (…). Tampouco a prova oral coletada registrou informação relevante nesse sentido”. O documento é assinado pelo procurador-geral de Justiça, Fernando da Silva Comin, e pelos promotores Alexandre Reynaldo de Oliveira Graziotin, Mauricio de Oliveira Medina, Marina Modesto Rebelo, Lara Peplau e Isabela Ramos Philippi.

O tempo está devolvendo a confiança a um governador desgastado mais pelo massacre político que falhas de gestão propriamente ditas. Moisés navega num novo período de governo com boa sustentabilidade e afastamento de encrencas como essa dos respiradores. Claro que isso tem um custo, mas daí já é outro assunto!

***

CONSTRUTORA TERRA APRESENTA

TUDO DE BOM, TUDO DE BÉRGAMO

Morar bem ou investir passou a contar com essa excelente opção. Informe-se através dos agentes imobiliários credenciados à venda dos empreendimentos da Construtora Terra ou diretamente na Terra Imóveis

Imagens de caráter ilustrativo – R3/41196

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *