Geral

Mutirão de cirurgias: Ajuda vem do DF

SECRETÁRIA CARMEN ZANOTTO (SAÚDE SC) COMEMORA A LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA CUSTEAR PARTE DOS CUSTOS

Colega Reginaldo Heine ao participar do encontro/coletiva com a Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, para ter uma ideia de uma espécie raio x sobre o setor em Santa Catarina, indagou como ela avalia a área que passou a comandar no começo de janeiro:

– Se você avaliar apenas o dado referente a uma fila com mais de 105.000 pessoas à espera de procedimentos. Isso responde por si a situação da área da saúde em SC!

SOLUÇÃO A CAMINHO

E ao mesmo tempo que evidenciou a pressa do governador Jorginho Mello para dar resolutividade ao problema (das filas), iniciando de imediato o mutirão de cirurgias, Carmen Zanotto observou as providências que antecedem a execução dos serviços. Estava no radar, quando da conversa com os colegas de imprensa em Lages, o deslocamento a Brasília, de onde aguardava conseguir boas notícias.

E A BOA NOTÍCIA VEIO

Na primeira reunião da chamada Comissão Intergestores Tripartite, que reúne o Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), a ministra Nísia Trindade (Saúde) foi portadora da boa nova. O Governo Federal estará liberando R$ 600 milhões para reduzir as filas de espera na realização de procedimentos eletivos.  O dinheiro que chegará a Estados e Municípios, ajudará custear os serviços remunerando hospitais e profissionais.

Carmen Zanotto com a ministra Nísia Trindade. Segundo a deputada e secretária catarinense, houve ainda uma solicitação à Ministra da Saúde para que se dê um desdobramento à questão do piso da enfermagem, visto que foram feitos todos os encaminhamentos para tornar possível o pagamento dos valores regulamentados e aprovados no Congresso

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *