Geral

Negada soltura do prefeito de Lages

A INFORMAÇÃO NÃO É OFICIAL PORQUE O PROCESSO ESTÁ EM SEGREDO DE JUSTIÇA. O QUE PUBLICAMOS É O QUE CONSEGUIMOS APURAR

A defesa do prefeito Antonio Ceron impetrou um pedido de relaxamento de sua prisão para análise da própria desembargadora que expediu o mandado de prisão preventiva. Nesta segunda-feira, 13, teria ocorrido a análise do conteúdo. Em linhas gerais o pedido de relaxamento (soltura) se baseava, entre outros argumentos, na idade do prefeito e no seu histórico de saúde, visto que já fora submetido a procedimento de cirurgia cardíaca.

DESDOBRAMENTO

Pelas informações coletadas, a desembargadora Cintia Beatriz da Silva Bittencourt Schaefer analisou o pedido de forma monocrática (individual). Ela não acolheu ao pedido por não visualizar razão para a soltura do prefeito Ceron. Pelo que apuramos, esse mesmo pedido, despachado de forma individual pela julgadora, será submetido ao colegiado do TJ/SC possivelmente na semana que vem.

Ceron em registro da metade do ano passado com Nixon de Oliveira, o suplente de vereador que assumiu no lugar de Jair Júnior para votar o pedido de impeachment. O prefeito passará o feriado de carnaval preso e sem previsão de soltura

P. S.

É importante reforçar que essas informações não são oficiais porque o processo e a investigação seguem em segredo de justiça.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *