Geral

Nota eletrônica sem internet?

ALERTA É DO DEPUTADO FABIANO DA LUZ SOBRE ESSA EXIGÊNCIA A PARTIR DA METADE DO ANO AOS PRODUTORES RURAIS

Está em curso uma migração que causa especial preocupação a produtores rurais. É que a partir do segundo semestre deste ano, nenhum produtor rural poderá emitir mais a nota de produtor avulsa em papel. Tudo terá que ser pelo sistema eletrônico. A mudança até que é interessante porque a metodologia da emissão eletrônica é fácil e sem complicação.

ENTRETANTO

O deputado Fabiano da Luz faz uma observação pelo fato de que muitas propriedades não têm acesso à internet. E sem esse serviço, não tem como emitir nota eletrônica. Ele voltou a alertar que a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) sobre o assunto:

“Santa Catarina não tem sua área coberta por internet, muitas propriedades não têm sinal de telefone, hoje os agricultores brigam por energia elétrica, como vão cumprir com esta determinação se eles sequer têm internet? Vai ter de parar, correr até na cidade, emitir a nota eletrônica para que o seu produto seja transportado?”

Deputado Fabiano da Luz nesse registro com trançadores de laço de couro cru de Cerro Negro e a preocupação com a migração do sistema de emissão de nota de produtor rural em SC

PARA SABERMOS

O atual bloco de produtor rural tem validade para a venda de produtos (floresta, gado, safra de grãos, maçã e etc) até dia 30 de junho deste ano. Após essa data, todas as notas terão que ser emitidas eletronicamente através de uma página especial da Secretaria de Estado da Fazenda.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *