Geral

O esperneio de Marcius Machado

DEPUTADO TENTA NA PRESSÃO LIBERAR EMENDAS. MAS IGNORA QUE HÁ O CRITÉRIO POLÍTICO NO ATENDIMENTO DE DEMANDAS

“As discordâncias na política são salutar. Tem coisas que convergimos, outras não”. Duas frases nos enviadas pelo deputado Marcius Machado apontando a razão da rota de coalisão com o Centro Administrativo, especialmente na votação contrária dele ao projeto de reforma da previdência em Santa Catarina (que foi aprovada com voto contra dele). O parlamentar ainda observa:

“Na hora que uma pessoa que foi tua professora, olhar nos teus olhos e dizer: Não me prejudique, não retire 14% da minha aposentadoria, do tempo que trabalhei em sala de aula. Daí você vai se pôr no meu lugar e entender porque eu votei contra a reforma da previdência”.

Houve até ideia de aproximação do governador com Marcius. Mas o posicionamento do parlamentar na Alesc causou esse distanciamento. Daí o tratamento dispensado a ele em relação às demandas junto ao governo é de deputado de oposição. E como oposicionista, como se sabe, o tratamento não é prioritário, diferente daquilo que é para aqueles da base de sustentação.

OU SEJA

Marcius colhe (com a demora na liberação de emendas) o resultado de seu posicionamento. Não teria como combater o governo no parlamento e ter tratamento normal. Naturalmente que quem perde é o cidadão lá na ponta, beneficiado com os parquinhos e canchas de futebol sintético das emendas. Mas acaba sendo, como disse o próprio Marcius, as discordâncias na política, que ele considera salutar.

DIZ MARCIUS QUE

“Na Região Serrana ofertou, através do candidato dele (Lucas Neves), R$ 32 milhões para a pavimentação de ruas (na verdade foi mais dinheiro). Dinheiro está na conta. Mas quando vou ver minhas emendas, que são impositivas, que é obrigação dele pagar e que ele desonrou com a palavra que, quando disse que iria para a região, todas as emendas seriam pagas. (…). Lá em São Joaquim todas as emendas foram pagas, menos as do Marcius Machado. O que está acontecendo? Que desrespeito é esse?”.

O QUE ACONTECE, NA VERDADE

Pelo menos uma versão que temos desse fio desencapado envolvendo Marcius e o Centro Administrativo (e que está revoltando o deputado) é de que ele teria condicionado o apoio ao governo, em troca do governador recolher Lucas Neves da disputa à Alesc em 2022. Marcius não confirma isso, mas a informação recebida (para interpretar a situação) é exatamente essa. Como o governo aposta as fichas em Lucas, causa essa situação que tende a se manter com Marcius não tendo prioridade na agenda do Centro Administrativo.

Essa situação reclamada por Marcius, lembra uma frase que Adilson Canônica, quando vereador, repetia na Câmara: ‘Política é igual carga de porco. Só reclamam os que estão por baixo’. Não é comparar o deputado a um suíno, mas evidenciar que ele reclama porque, no contexto, nem está por baixo, mas fora dos planos do Centro Administrativo. Daí o tratamento é lamentável, mas natural. Não é o primeiro e nem será o último a ser tratado assim!

MARCIUS FAZ UM

CONTRAPONTO DISCORDANTE

“Edson Varela você esta faltando com o verdade! Esta criando um fato político mentiroso! Nunca condicionei meu apoio ao governo para retirar o Lucas. Não sou filho de pai assustado, não tenho medo de candidato nenhum. Pode concorrer quem quiser e esta tudo bem, quem escolhe é o povo! E, vou continuar votando como eu entender que seja certo; cobrando do governo que paga as emendas e cobrando que que creio que seja correto! O Governador Carlos Moisés vai pagar o que deve para o povo Serrano”

Deputado Marcius Machado

Compartilhe

1 thought on “O esperneio de Marcius Machado”

  1. Edson Varela você esta faltando com o verdade! Esta criando um fato político mentiroso!

    Nunca condicionei meu apoio ao governo para retirar o Lucas.

    Não sou filho de pai assustado, não tenho medo de candidato nenhum.

    Pode concorrer quem quiser e esta tudo bem, quem escolhe é o povo!

    E, vou continuar votando como eu entender que seja certo; cobrando do governo que paga as emendas e cobrando que que creio que seja correto!

    O Governador Carlos Moíses vai pagar o que deve para o povo Serrano.

    Deputado Marcius Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *