Geral

O Hino de Lages na voz de Éder Goulart

CANTOR E MÚSICO GRAVA INTERPRETAÇÃO DIFERENCIADA DO HINO DESTA CIDADE QUE CHEGA AOS 255 ANOS NA SEGUNDA-FEIRA, 22

Cantor, músico, comunicador, jornalista, enfim, o multitarefas Éder Goulart dá um verdadeiro presente aos lageanos na passagem dos 255 anos de Lages. Trata-se da interpretação, com nova roupagem à musicalidade, do Hino de Lages. O trabalho foi liderado por Éder Goulart com participação de Marlus Pereira (violões), Douglas Moraes (gaita) e Daniel Dante Finardi (gravações).

SOBRE O TRABALHO

Com o forte refrão ‘Desprendei, liberdade anelada, desprendei um sorriso de amor. Dai ao povo de Lages a crença, o civismo, a coragem, o valor’ a canção ganhou uma sonoridade tradicionalista com gaita e violão e a interpretação do cantor lageano, Éder Goulart. “Já canto o hino em algumas solenidades e resolvi gravar esta versão para homenagear minha cidade e também difundir este símbolo para mais pessoas aliando o nosso jeito de cantar e tocar tradicionalista”, explicou o artista.

AINDA SOBRE O HINO

A versão estará disponível em todas as principais plataformas digitais e no dia 04 de dezembro será exibido – durante a solenidade de reinauguração do Mercado Público de Lages – o lançamento de um clipe com imagens do município. O Hino Municipal de Lages é um dos mais antigos do Estado, foi cantado e tocado pela primeira vez em 1º de janeiro de 1902 e oficializado pela Lei nº 40, de 22 de novembro de 1977.

Éder Goulart emprestou a voz e ao lado de Douglas Moraes e Marlus Pereira, deram nova musicalidade ao Hino de Lages. Dante Banha Finardi cuido da retaguarda de estúdio com a gravação e aquelas outras mágicas que dão uma sonoridade bem bacana ao trabalho.

UM TRECHO DO HINO DE LAGES

Sob um céu recamado de estrelas,

Surge um astro nitente a fulgir.

É da pátria liberta a conquista

Que nos leva a prever bom porvir.

Refrão

Desprendei, liberdade anelada,

Desprendei um sorriso de amor.

Dai ao povo de Lages a crença,

O civismo, a coragem, o valor...

Autoria: Lourenço Dias Batista Jr. e Dr. Américo Rabelo

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *