Geral

O que acontece com o piso da enfermagem?

SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DOS NOVOS VALORES FOI POR 60 DIAS. O PRAZO DA LIMINAR TERMINA SÁBADO, DIA 05

Foi naquela segunda-feira, 05 de setembro, que o Ministro Barroso, atendendo pedido concedeu liminar suspendendo por 60 dias os efeitos do projeto de lei que instituiu o piso nacional da enfermagem. A partir de então, até houve diálogo de parlamentares, como a deputada Carmen Zanotto, tentando reverter o decidido. Mas o próprio plenário do STF respaldou a decisão singular do Ministro Barroso e, por 60 dias, o pagamento do piso está suspenso.

ENTRETANTO

O referido prazo termina neste sábado, 5 de novembro. Não há nenhum fato novo (definitivo) sobre a viabilização dos recursos para custear o impacto do aumento de salários, a partir da implementação do piso nacional da categoria. As coisas se definem nesta semana – o que é pouco provável – ou alguma medida de prorrogação da suspensão deve ser solicitada no mesmo STF. O outro caminho, é mesmo sem as fontes de custeio garantidas, entes federados e iniciativa privada começarem a pagar os novos valores.

A conversa das parlamentares com o Ministro Barroso. A lei suspensa define que o mínimo que um enfermeiro pode ganhar nos hospitais públicos ou privados é R$ 4.750. Já o piso dos técnicos de enfermagem é R$ 3.325 e o dos auxiliares e parteiras, R$ 2.375.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *