Geral

São 37 óbitos por falta de UTI na Serra

Um ranking absolutamente lamentável de óbitos na Serra Catarinense por falta de UTI para tratamento contra a Covid-19. São Joaquim é uma das cidades onde mais morreu gente à espera de vaga para internamento em UTI. Infelizmente foram oito pessoas que perderam a vida sem conseguir internamento.

ÓBITOS POR FALTA DE UTI

São Joaquim (Hospital Coração de Jesus) – 8 óbitos

Lages (Hospital Geral Tereza Ramos) – 7 óbitos

Otacílio Costa (Hospital Sta Clara) – 5 óbitos

Bom Retiro (N. S. das Graças) – 5 óbitos

Urubici (Hospital São José) – 4 óbitos

Lages (Centro de Triagem) – 3 óbitos

Lages (Nossa S. Prazeres) – 2 óbitos

C. Pinto (F. Riscarolli) – 1 óbito

Lages (UPA) – 1 óbito

AGUARDANDO ENFERMARIA

Lages registrou ainda um óbito de paciente diagnosticado com Covid-19 que aguardava por atendimento em leito de enfermaria no Centro de Triagem.

No Centro de Triagem em Lages, que atende os 18 municípios da Amures, foram quatro óbitos. Três deles à espera de UTI e a quarta vítima fatal esperava por vaga em leito de enfermaria Covid-19

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *