Geral

Olhar da Agência Alesc na Coxilha Rica

PROFISSIONAIS DE COMUNICAÇÃO DA ALESC PRODUZEM REPORTAGEM SOBRE UMA DAS MAIS BELAS REGIÕES DE SC

Jornalista Ney Bueno da Agência Alesc e o fotógrafo Solon Soares, acompanhados de uma equipe de produção, bolearam a perna para os ados da Coxilha Rica. Conviveram com a lida em pelo menos duas propriedades referência na região – Fazenda Igrejinha e Fazenda da Chapada. O material produzido está nas plataformas da Alesc, inclusive na TVAL. Puxamos para a página 10 retratos que o Solon Soares fez para ilustrar a bela reportagem feita pela equipe do parlamento catarinense.

Um portão de mangueira quase tão antigo quanto as taipas que guarnecem os arredores da Fazenda Igrejinha ali no caminho dos Morrinhos

Muitas vezes, os galpões das grandes fazendas têm mais beleza e encanto que a própria sede principal da propriedade. Eis o galpão de tempos vividos da Igrejinha

Os vestígios do velho galpão cheios de histórias e peças que remontam às lidas testemunhadas pelas próprias paredes.

Gilson Nei de Souza, o comandante da Igrejinha, relatando as lidas e histórias ao jornalista Ney Bueno

Já estamos na Fazenda da Chapada na fronteira da Coxilha com Painel. A lida na mangueira com os zainos que vão servir para a lida de campo

Daniel Camargo Klein, da Fazenda da Chapada, faz seu relato ao jornalista da Agência Alesc

O cusco por testemunha do ambiente onde a peonada se apetrecha para as lidas da campanha

Aqui Ney Bueno ouve Daniel Camargo no lombo do zaino, enquanto a equipe da Agência Alesc registra na sensibilidade que o ofício impõe

 Eliziario Leandro de Souza e Ramiro Amorim com gaiteiro por perto contam causos ao jornalista da Agência Alesc

No lombo do pingo o sovéu de lidas tantas com a iapa de quatro tentos para garantir bem a lida, num contraste bacana da sensibilidade do fotógrafo da reportagem Solon Soares (Agência AL)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *