Geral

Operação Mensageiro: O que diz Ceron?

O QUE PENSA O PREFEITO AFASTADO DE LAGES SOBRE A OPERAÇÃO QUE LHE MANTÉM EM PRISÃO DOMICILIAR HÁ UM MÊS E DUAS SEMANAS

Antes de mais nada é preciso que se diga que não tivemos acesso ao prefeito afastado de Lages. Até poderíamos visitá-lo. Acreditamos que não há impedimento. Entretanto, uma visita acabaria rendendo informações. Mas Ceron não pode conceder entrevistas sobre o assunto dentro das restrições impostas à prisão preventiva. Logo, exteriorizar alguma declaração o colocaria em risco de retornar ao recolhimento em estabelecimento penal.

DAÍ QUE…

É corrente na cidade a chateação, revolta, inconformismo e até mesmo um ‘não acreditar’ no que Ceron teria feito para lhe levar à situação posta (de prisão domiciliar). E a curiosidade sobre como o prefeito afastado enfrenta tudo isso também é grande. Assim, mesmo não tendo acesso ao prefeito afastado, e nem ao próprio filho (Maurício), com quem sempre mantivemos uma relação de diálogo, soubemos por terceiros, prestadores de serviços e amigos comuns que o visitaram, como está o ânimo do prefeito.

O QUE SOUBEMOS?

Apesar do abatimento que exigiu acompanhamento médico mais constante, estando submetido à medida restritiva de liberdade em casa Ceron teria observado que, aquilo que o move a acordar todos os dias é a crença que lá no final do processo que o envolve, conseguirá provar a inocência. Não haveria – e isso estaria nos autos que seguem em segredo de justiça – nenhuma prova material (áudio, vídeo ou papel) que comprovaria o envolvimento dele naquilo investigado. E as medidas a ele impostas (prisão e afastamento da função), decorreriam, exclusivamente, do teor de delação premiada. Naturalmente isso não é informação oficial.

Um dos últimos atos administrativos como prefeito em evento na Coxilha Rica. Depois disso o Gringo pegou férias, retornou à função e três dias depois foi preso

QUE FIQUE CLARO

O post é apenas para passar ao público a ideia em relação à qual se encontra o prefeito afastado e submetido à prisão domiciliar. Com a tendência forte de Ceron virar réu no processo, virão à tona alguns detalhes de seu envolvimento na investigação que levaram ao convencimento judicial a decretar as referidas medidas. Observando-se que, na sequência, após o recebimento da denúncia, iniciará o processo propriamente dito com a instrução. Daí caberá essa comprovação de inocência pelo prefeito afastado ou a confirmação da culpa, tudo dentro do chamado processo legal que garante contraditório e ampla defesa.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *