Geral

Oposição: Como assim ‘pegando leve’?

SE COMPARAR AO MASSACRE LEGISLATIVO E DE IMPRENSA EM CIMA DE ELIZEU MATOS, A REALIDADE ATUAL É DE UMA LEVEZA SEM TAMANHO

24 horas por dia.

7 dias por semana.

Não tinha feriado de Natal, Ano Novo, nada.

O noticiário naquele dezembro de 2014 e nos meses que se sucederam em 2015 era absolutamente sobre Elizeu Mattos. O prefeito recolhido no quartel da PM em Lages era motivo de um verdadeiro massacre editorial, sustentado pela oposição ferrenha na Câmara de Vereadores.

QUAL ERA O CENÁRIO?

A eleição de 2012 foi vencida por Elizeu, mas a oposição (PSD, PP e etc) fez maioria. Assim, o então prefeito, desde o início da gestão em 2013, encontrou forte resistência no legislativo. E quando veio o episódio da Operação Águas Limpas com o recolhimento do prefeito ao quartel da PM, a artilharia da oposição foi pesadíssima e os vereadores ficaram sem muita reação. Juliano Polese, por exemplo, atual prefeito interino, foi um dos que liderou o combate à realidade posta na cidade pelo afastamento do prefeito e as encrencas decorrentes daquilo.

Polese, tempos atrás, no outro lado do balcão, como oposição a um prefeito recolhido no quartel da PM

FOGUETES NO QUARTEL

Elizeu Matos estava recolhido no quartel da PM. Conceitualmente não era prisão. Tanto que ele recebia mais gente o visitando na reclusão que na época da prefeitura. Naquela postura de combate de alguns segmentos ao prefeito recolhido, havia até festival de foguetes na frente do quartel. Consta que o próprio Elizeu, de forma discreta, espiava para ver quem estava ali o ‘homenageando’ com aquele protesto. “Gente que soltava foguete para comemorar ele recolhido no quartel, hoje é amigo dele. As coisas mudam”. Ouvimos dias desses.

Registro daqueles tempos da chegada de Elizeu ao quartel da PM

O alvoroço na época nos muros do quartel com a chegada de Elizeu

FOI MUITA JUDIARIA

Nos meios de comunicação o assunto não saía de cena. Nós, por exemplo, chegamos a cometer injustiças como no episódio dos almoços de Elizeu. Em cima de uma informação falsa e maldosa, publicamos que ele recebia almoço todo dia do SUR (o restaurante mais badalado da época). Era falsa a informação. A primeira dama, a saudosa Cristiane Garcez Matos nos abordou mostrando as panelas, apontando que, no sacrifício que a situação exigia, ela mesmo fazia a comida, limpava a sala onde ele ficava na PM e dava a força necessária para a superação possível. Pedimos desculpas, mas ela deve ter falecido com mágoas, como essa.

PAROU DE BEBER

A única parte boa daqueles tempos de inferno na vida de Elizeu – se é que tem parte boa naquela situação horrível – é que ele, depois que deixou o quartel da PM nunca mais teria colocado um gole de whisky na boca. Prometera isso à esposa. Agora só vinho. Às vezes, uma cerveja.

OUTRA MALDADE

Ajudamos a dar vazão à informação que depois se verificou tratar de algo falso. Foi noticiado que com os dinheiros recebidos, Elizeu Matos tinha comprado até fazendas no Uruguai. Estava poderoso. O pior é que, do jeito que era sintonizado nas coisas da investigação e do noticiário, Elizeu lia tudo. Acompanhava, amargurado, mas sem poder dar uma única resposta porque a cautelar do recolhimento em quartel da PM impedia que ele se manifestasse. Se o fizesse poderia, daí sim deixar o quartel e ir para a prisão.

Este registro é de Elizeu Matos retornando à função de prefeito (depois ele renunciaria), após ter ficado um período afastado do cargo

ENTÃO

É diante do cenário de massacre imposto a Elizeu Matos naquele dezembro de 2014 e meses seguintes e a realidade posta nos dias de hoje, com a prisão do prefeito e três secretários, é que se verifica uma postura de leve da oposição. E os próprios meios de comunicação informam de maneira mais cautelosa, inclusive devido ao segredo de justiça e as limitações decorrentes disso.

Das lembranças daquele tempo: A vitória de Ceron em 2016 foi comemorada até com lavação da porta da prefeitura, num gesto de que se estava limpando daqueles que estavam lá, eleitos em 2012

EM TEMPO

Parte do relato aqui contigo integra o compilado de informações sobre a história de Lages que deverá integrar a obra Além do Continente das Lajens, previsto para vir ao mundo em 2033, fazendo um relato da história da cidade durante o último meio século (1983 a 2033).

Compartilhe

2 thoughts on “Oposição: Como assim ‘pegando leve’?”

  1. Foi muita injustiça realmente com o Elizeu que nunca foi provado ter recebido um centavo sequer de dinheiro ilícito, e por isso foi inocentado. O que não ocorre na situação atual.
    A CRIS… ELA MORREU SIM COM MUITA MAGOA DE MUITAS PESSOAS QUE JOGARAM PEDRA E ELA NUNCA PODE SE DEFENDER OU AJUDAR O ELIZEU A SE DEFENDER, na época até o dinheiro dela pessoal foi pego pela justiça, e ela ficou sem dinheiro pra custear seu tratamento.
    A vida da voltas Edison Varela é muito certa essa frase a “VIDA DA VOLTAS”. A oposição que vc fala estar calada em meio a tantos fatos reais e provas, é uma oposição que não quer ver ninguém passando o que nós na época situação passamos, pq acreditamos na lei do retorno.
    Boa Noite .
    Deus é bom o tempo todo o tempo todo Deus é bom.

  2. Foi muito judiaria fizeram com Elizeu … Lei do retorno está vindo pra eles, Deus viu tudo ele vai ser nosso prefeito tudo posso naquele me fortalece esquecer passando pensar futuro próximas eleições … Estamos juntos!!!

    .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *