Geral

Os dados pós-lockdown em Lages

NÚMEROS INDICAM O EFEITO DA MEDIDA QUE REDUZIU CIRCULAÇÃO EM LAGES

A gente integra a listinha daqueles céticos (não negacionistas) que têm dúvida sobre o efeito prático de fechar comércio, reduzir movimentação de pessoas, exigir máscara de todos na rua e implementar restrições para conter o aumento de casos da pandemia.

Mas daí aparecem dados oficiais que nos dão um tapa na cara, evidenciando a contenção ocorrida, a partir da adoção das medidas. Não é uma defesa às medidas e nem incentivo para que se volte a adotar. Mas é o preto no branco. É o número matemático indicando o efeito prático e positivo das restrições.

No primeiro sábado de março, pelos dados oficiais do governo, estávamos com uma crescente de 60% nos casos em Lages

Esse dia – 15 de março – já se refere a uma semana depois do lockdown iniciado em 9 de março. Houve um estancamento no crescimento e iniciou a redução, mas ainda com índice elevado de 45% de aumento de casos

Na véspera do término das medidas restritivas já tínhamos um percentual de 8,9% de aumento de casos

Nesta segunda-feira, 22, os índices indicam que há redução de mais de 20% no número de contaminados

Esses são os dados da segunda-feira, 22. O número de pessoas com a doença ativa (e por isso em isolamento domiciliar) está em 1.867 sendo que…

…no pico de contaminação chegamos a 2.791 casos de pessoas com a doença ativa exatamente na segunda-feira da semana passada, dia 15.

Os dados foram compartilhados pelo secretário Claiton Camargo de Souza (Saúde de Lages).

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *