Geral

Otacílio Costa: Investigação gera ação do MP

TRATA-SE DE UMA AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL

Saiu do campo dos boatos, suposições e negações um episódio envolvendo a campanha eleitoral de Otacílio Costa e se materializou através de uma AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral. Trata-se de suposta prática de crime eleitoral por conta de oferecimento de vantagem em troca de apoio. Na referida ação foram arroladas seis pessoas, inclusive os integrantes de uma das chapas da disputa no município e mais dois candidatos a vereador.

DO QUE SE TRATA?

Prints de conversas pelo whatsapp apontam a troca de mensagens relacionadas a oferecimento de um terreno na nova área industrial de Otacílio Costa. O abordado precisaria depositar determinada quantia. A Polícia Federal foi acionada, realizou a investigação encaminhando o conteúdo à Promotoria de Justiça Eleitoral da 93.ª Zona Eleitoral. Essa estrutura do Ministério Público ofereceu a AIJE detalhando o teor da investigação, incluindo documentos e arrolando testemunhas, sendo inclusive uma delas já ouvida no teor da referida ação.

A ação protocolada pelo Ministério Público Eleitoral não corre em segredo de justiça – até porque não cabe esse tipo de restrição a essas ações. E o teor indica que aquilo comentado nos bastidores em Otacílio Costa tem certo fundamento, cujo desdobramento dependerá da instrução a ser feita no Judiciário.

E…

Se isso interfere no processo eleitoral e nos destinos da campanha eleitoral ou não, somente o tempo, os eleitores e as urnas dirão.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *