Geral

Pacientes com variante Delta na Serra

SÃO TRÊS DE BOM JARDIM E UM DE SÃO JOAQUIM QUE TIVERAM DIAGNÓSTICO CONFIRMADO PARA A COVID-19 COM CEPA 97% MAIS TRANSMISSÍVEL

Dos 20 municípios catarinenses com casos confirmados da variante Delta da Covid-19, dois são da Serra. Um paciente de São Joaquim e três de São Joaquim tiveram diagnóstico positivo não apenas para a doença, mas para a referida variante que é 97% mais transmissível que o vírus normal da Covid-19. Os dados são da própria DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), a partir do resultado de exames da Fiocruz.

A vacina e os protocolos de prevenção se constituem nas formas de prevenir ou reduzir o agravamento decorrente da Covid-19 e suas variantes

ONDE TEM VARIANTE DELTA EM SC

Chama atenção a quantidade de casos em Bom Jardim da Serra.

DIVE INFORMA SOBRE

A VARIANTE DELTA

“A variante Delta é da linhagem viral B.1.617, que apareceu na Índia em outubro de 2020. Em maio de 2021, após ser associada ao agravamento da pandemia, a cepa foi declarada como variante de preocupação pela OMS. Conforme um estudo divulgado em julho por pesquisadores ligados a OMS e ao Imperial College de Londres, a variante Delta é cerca de 97% mais transmissível do que o coronavírus original identificado na China, sendo assim ainda mais preocupante do que as variantes surgidas no Reino Unido (Alfa), na África do Sul (Beta) e no Brasil (Gama)”.

Compartilhe

1 thought on “Pacientes com variante Delta na Serra”

  1. Sobre os casos em Bom Jardim da Serra e São Joaquim, será que tem a ver com aquela onda de frio, turismo de inverno, Serra do Rio do Rastro?

Deixe uma resposta para Vilmar Tadeu Cordova Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *