Geral

Peso de cargas: Polícia atenta em Painel


ALVO SÃO CARGAS DE MADEIRA COM PESO ACIMA DO TOLERÁVEL NA SC-114. POLÍCIA ESTÁ DE OLHO NO FLUXO DA MADRUGADA TAMBÉM.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Toras.jpg

Há cargas que, em tese, atendem os padrões para trafegabilidade em rodovias como a SC-114. No exemplo acima, a princípio há uma distribuição adequada entre eixos e não haveria irregularidade. Mas há também possantes passando até a goela nos postos da Polícia Militar Rodoviária aqui da Serra Catarinense. Daí o trabalho de fiscalização, por amostragem, para combater o excesso de peso.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Toras-1.jpg

Segundo constatações, houve um aumento de cargas, deslocando-se pela SC-114 depois da meia noite. Seriam transportadores aproveitando o período de calmaria da madrugada para passar pelos postos de fiscalização sem abordagem. O excesso de peso sobre eixos (embora haja uma tolerância prevista no próprio CTB), causa danos ao pavimento, exigindo que se antecipe o período de reparos em rodovias como a própria SC-114.

DAÍ NÃO TEM PONTE QUE AGUENTE!

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Toras1.jpg

O registro acima é curioso porque essa ponte – das Goiabeiras – está frequentemente no noticiário por causa das condições precárias na travessia entre RS e SC nos municípios de São Joaquim e Bom Jesus. Mas o flagrante acima aponta o que não deve ser feito, que é a colocação de cargas simultaneamente na estrutura de travessia do Rio Pelotas. Mesmo que os possantes estejam dentro do limite de peso, a carga projetada na estrutura frágil a torna ainda mais suscetível de riscos até de queda ou quebra dos pranchões de sustentação.

***

Abaixo conteúdo publicitário!

CONSTRUTORA TERRA ENGENHARIA E OS GIGANTES NO

CAMINHO ENTRE O CENTRO E A ÁREA INDUSTRIAL DE LAGES

Registro de Incorporação: Residencial Bérgamo R3/41196 – Mirante da Boa Vista R3/39.142

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *