Geral

Plantadas as novas árvores no Tanque

CADA MUDA CUSTOU R$ 700,00 E A ESPÉCIE SUBSTITUI AQUELAS INVASORAS E TÓXICAS QUE FORAM DERRUBADAS QUANDO DO INÍCIO DA REVITALIZAÇÃO

Desde o início das intervenções nas obras de revitalização do parque Jonas Ramos já havia previsão de repor as árvores suprimidas do local, a partir de estudo de especialistas do curso de Engenharia Florestal do CAV. Naturalmente que não faltou o bombardeamento de críticas pelos ‘especialistas’ de redes sociais que viram na prática a repetição daquilo reclamado quando da revitalização do Calçadão.

VIERAM AS NOVAS ÁRVORES

E porque aquelas existentes eram invasoras, tóxicas e prejudicais ao meio onde estavam inseridas, a previsão, a partir do orientado por especialistas era a substituição por espécies adequadas ao parque. Foram plantadas 24 mudas do tipo canafístula. “Na retirada de uma árvore antiga e que necessita ser substituída, com base nos laudos técnicos, estão sendo plantadas duas novas”, informa o boletim do Paço.

Secretário Delfes e prefeito Ceron acompanharam o plantio das 24 mudas (já com idade avantajada) para substituir aquelas cortadas no Tanque

DUAS ETAPAS SIMULTÂNEAS

A primeira etapa da obra é executada pela empresa Terra Engenharia, com um investimento de R$1.039.263,24. A maior parte desses recursos é oriunda de emenda parlamentar da deputada federal Carmen Zanotto no valor de R$ 980 mil. A segunda etapa, realizada paralelamente, terá recursos próprios do município na ordem de R$ 1 milhão. A revitalização completa custará mais de R$ 2 milhões.

A professora (e doutora) Maria Raquel (CAV) acompanhou o plantio das mudas que custaram R$ 700,00 cada. No registro acima é possível ter noção do tamanho das mesmas que, se não sofrerem vandalismo, muito breve estarão dando um contraste bacana no parque revitalizado.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *