Geral

PM cuidará de policiamento em Lages

TRÂNSITO FICA EXCLUSIVO A CARGO DOS AGENTES DA AUTORIDADE MUNICIPAL (DIRETRAN). NEM MULTA A PM APLICARÁ MAIS COM O FIM DOM CONVÊNIO

Prefeitura de Lages pagava um valor mensal à Polícia Militar e a corporação ainda tinha participação no rateio do que se fatura com multas de trânsito. Porém, embora não se saiba as circunstâncias do fim do convênio, a Diretran informa que o mesmo não está sendo renovado. Há duas consequências na vida do lageano.

PM NÃO MULTA MAIS

Sem o convênio com a PM, passa a ser de responsabilidade exclusiva do município a fiscalização e aplicação de notificações de trânsito por infrações. Cabe aos agentes de autoridade de trânsito essa tarefa. Os policiais militares não têm mais esse poder/dever. Deixam de ser autoridades investidas na função para tanto, pelo fato do fim do convênio não mais lhes facultar tal tarefa.

SOBRE OS ACIDENTES

A PM passa a cuidar apenas de acidentes de trânsito que envolva vítimas. Abalroamentos, colisões, saídas de pistas, ocorrências que resultem somente danos materiais não terão mais acompanhamento da Polícia Militar. Newton Silveira Júnior, a autoridade de trânsito de Lages, informa que os 36 agentes estão passando por um aperfeiçoamento. Eles irão cuidar dos acidentes. Nem precisa escrever que são poucos para enfrentar uma escala 12/36 horas e atender a demanda.

AGENTES NÃO SÃO OBRIGADOS

Agentes de Trânsito não são obrigados a atender todos os acidentes de trânsito. Se der uma colisão em determinado horário, não houver vítima e não aparecer nenhum agente, não há erro. Os envolvidos é que têm a obrigação de fazer o registro circunstanciado do acidente na delegacia de polícia. Quando não há vítima, os Agentes de Trânsito vão ao local mais para cuidar do trânsito em si, visto que o ocorrido no acidente vai para um B. O. na Delegacia Virtual da Polícia Civil. Você pode guardar o endereço acessando aqui.

36 Agentes da Autoridade de Trânsito são poucos para uma atividade que exige tanto em âmbito de Lages, inclusive respondendo pela fiscalização, aplicação de multas e agora do atendimento a acidentes sem vítimas

Compartilhe

1 comentário para: “PM cuidará de policiamento em Lages”

  1. Será que o convênio não pode mesmo ser reeditado?

    Será que é mais conveniente aumentar a estrutura no órgão de trânsito municipal?

    Estão mesmo preocupados em facilitar as coisas para a população ou dificulta-las?

    Com a palavra:
    Sr. Prefeito e Sr. Governador;
    Sr. Deputado Estadual;
    Sr.s Subchefe da Casa Civil do Gov. de SC; e Autoridade de Trânsito do Municipio de Lages.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *