Geral

Professores criam ‘respirador’ em Lages

SE ANVISA APROVAR, TRÊS SERÃO FABRICADOS COM CUSTEIO DO CONSÓRCIO DE SAÚDE

“O ventilador mecânico faz com que o oxigênio chegue até os pulmões, facilitando a respiração de pessoas que estão enfrentando dificuldades ou que perderam completamente essa capacidade. A máquina sopra ar rico em oxigênio para dentro dos pulmões do paciente a partir de um tubo”. A explicação se refere à máquina acima, resultado de estudos para disponibilizar um equipamento do gênero a custo relativamente baixo (investimento no protótipo inferior a R$ 15.000,00).

DOS LABORATÓRIOS DO SENAI

“Foram muitas horas de trabalho dentro de um programa específico considerando a programação e compressão da mecânica do equipamento. Um fisioterapeuta acompanhou a parte mecânica de funcionamento e o resultado é animador”, afirma a gerente executiva do Senai, Silvia De Pieri, estrutura onde foi concebido o respirador mecânico apresentado a dirigentes do Consórcio de Saúde (CIS), Acil e Uniplac.

A tecnologia do equipamento foi desenvolvida pelos professores Dionatan de Liz, Adilson Soares e Everaldo Wiggers, da disciplina de automação e mecatrônica do Senai.

FUNCIONAMENTO

O equipamento pode atender unidades de saúde e instituições hospitalares. Naturalmente, antes precisa da aprovação da Anvisa, cujos técnicos chegam a funcionalidade e operacionalização do referido respirador, antes de autorizar a sua utilização no auxílio mecânico à respiração de pessoas que enfrentarem dificuldades quando de internamento. Se autorizado pela Anvisa, os recursos destinados pelo Consórcio de Saúde para a pesquisa permitirão produzir três desses equipamentos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *