Geral

Protetores podem castrar um animal/mês

QUANTITATIVO SE REFERE À AÇÃO NORMAL E NÃO DIZ RESPEITO AO CASTRAMÓVEL QUE AINDA NÃO TEM PREVISÃO DE OPERAÇÃO

Gestores do Centro de Zoonoses e o secretário Thiago Cordeiro (Agricultura) dialogaram com protetores de animais que atuam em Lages. A eles foram repassadas informações sobre como serão efetuadas as castrações de animais (cães e gatos) que ocorrem mensalmente.

ENCAMINHAMENTO

Ao todo, 76 protetores de animais foram habilitados, inclusive a partir de um edital lançado. “Cada um deles terá o direito de realizar uma castração por mês. As castrações são feitas nos animais recolhidos nas ruas, em estado de vulnerabilidade”. Foi a informação repassada.

FOCO DA AÇÃO

A coordenação deste programa de castração de cães e gatos é feita conjuntamente por equipe técnica das secretarias municipais de Agricultura, Meio Ambiente e a Secretaria da Saúde. “O objetivo deste programa é conter o número de animais soltos nas ruas e resguardar a saúde animal”, disse o secretário de Agricultura, Thiago Cordeiro.

Naturalmente que 76 animais castrados ao mês não representa um combate mais efetivo à presença de animais errantes nas ruas. Mas há a expectativa que o castramóvel também entre em ação.

SOBRE O CASTRAMÓVEL

Veículo já está em Lages. Foi adquirido a partir de uma iniciativa do vereador Bruno Hartmann (Podemos) junto ao Governo do Estado. O castramóvel passaria por algumas adequações técnicas para ficar com sua estrutura apta a percorrer bairros e efetuar procedimentos. Não há notícias sobre quando essa ação inicia.

Este é o carango que será ‘o terror de cães e gatos’ que preencherão o perfil para acesso aos serviços técnicos. Esse registro é da segunda quinzena de novembro. Passados quase três meses, não se sabe quando o veículo vai começar a rodar e executar os serviços para os quais ele foi viabilizado.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *