Geral

Providência alumia acesso ao Salto Caveiras

Embora seja uma rodovia federal (BR-282) quem arrecada a Cosip (contribuição de iluminação pública) é o município. Por várias vezes, vereadores encaminharam pedido ao DNIT para instalar iluminação pública no entroncamento de acesso ao distrito do Salto Caveiras (ali não é um trevo). Faziam pela falta de conhecimento de que a tarefa cabia à Prefeitura de Lages. Como o secretário de Meio Ambiente, Eroni Delfes, ciente dessa obrigação, sabia que deveria fazê-lo, tomou a providência. E o local ficou assim, mais seguro…

Com a iluminação, os usuários tanto da rodovia quanto do acesso têm maior visibilidade noturna para o acesso

A providência foi executada sob a supervisão do secretário Delfes, a partir de recursos arrecadados pela Cosip porque é o tipo de recurso que atende uma coletividade de forma indistinta

AINDA SOBRE O ACESSO AO SALTO

Há algumas reivindicações para a instalação de um trevo (de verdade) no local. Há até um pré-projeto nesse sentido, que daria maior segurança no local. Além de ser um local de fluxo de moradores e turistas, há um significativo volume de veículos de transporte de madeira e de grãos oriundos dessa região produtora de Lages. Isso justificaria a implantação da estrutura.

AINDA ILUMINAÇÃO ÀS MARGENS DA BR-282

Ainda neste primeiro semestre de trabalho legislativo, a Câmara de lages produziu requerimento (não recordo a autoria) solicitando ao DNIT a implantação de iluminação pública na chamada ‘subida do boqueirão’ que é o trecho que vai desde o Cemitério Parque da Saudade até o trevo com a BR-116. Em relação ao assunto, vale a mesma regra. O pedido do vereador (ou vereadora) deveria ser para a Prefeitura, que arrecada Cosip e tem a obrigação de fazer tais melhorias. Não há previsão orçamentária de outro órgão para executar uma providência dessas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *