Geral

PSD com três a Estadual em Lages?

PRÓPRIO PREFEITO CERON NOS DISSE QUE DEVERIA HAVER ENTENDIMENTO, MAS SE NÃO EXISTIR ISSO, GERSON E POLACO TÊM LEGITIMIDADE PARA DISPUTAR

 “Sai fortalecido para dar continuidade a pré-candidatura como deputado estadual, pelo PSD”. As palavras são do vereador Gerson dos Santos, dando a entender que não há ideia de se recolher da busca de uma vaga a Estadual. Ele foi o primeiro a se colocar na condição de pré-candidato, inclusive fazendo incursões pelos municípios da Serra Catarinense, dialogando com lideranças do próprio PSD. Nesta semana, Gerson dos Santos dialogou com membros da Executiva do PSD. Ao invés de um ‘deixa disso, homi do céu’, o que recebeu foi incentivo para ir ao trecho.

Pela relação antiga de amizade e por ter sido um dos que convidou Mário Motta para disputar a eleição a Estadual, registre-se que o voto de Ceron a deputado tende a ser para o apresentador. Nem Polaco, nem Gerson teriam esse voto, portanto.

‘ELEITORES DIFERENTES’

Dentro do PSD a informação é de que a ideia é mesmo incentivar Gerson e Polaco para que concorram, a partir da homologação dos nomes a Estadual. “São eleitores diferentes. Quem vota no Polaco não é o mesmo eleitor que vota no Gerson e vice versa”. É esse o entendimento dentro do partido. Assim, o assunto pode até ir à decisão do diretório (escolhendo entre um e outro), mas a hipótese dos dois concorrerem existe. E nesse caso, seriam três nomes para o PSD de Lages apoiar diretamente: Polaco, Gerson e Mário Motta. Como diz o prefeito Ceron, ‘quanto mais foice, mais roçado’.

O cidadão bem conhecido dos lageanos, que aparece na bancada do Jornal Nacional, é apontando como um dos possíveis nomes mais votados na eleição deste ano. É Mário Motta que ingressou no PSD, segundo ele, a partir de convite de lideranças como Ceron e Colombo. Mário Motta e Ceron têm um amigo forte em comum, o Kalu. Daí a boa relação.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *