Geral

Quando inicia a operação da Berneck?

O advento da pandemia acabou repercutindo numa série de ações. Cronogramas tiveram que ser revistos, planejamentos alterados e assim por diante.

Não foi diferente com a empresa Berneck que tinha previsão de iniciar a operação de sua unidade fabril em implantação no município de Lages, ainda neste ano (2021). Mas apesar da situação adversa gerada pela pandemia, a planta industrial da Berneck não terá atraso significativo para iniciar as operações.

O QUE TEMOS DE INFORMAÇÃO OFICIAL?

No contato com a área de Comunicação e Marketing da Berneck, inclusive em decorrência de uma sequência de indagações sobre o início das operações, recebemos a seguinte informação oficial:

“A fase final de instalação e início de operação da unidade fabril da Berneck, em Lages (SC), está prevista para o primeiro trimestre de 2022. A inauguração vai ocorrer após os testes de comissionamento, que devem começar já em janeiro”.

Registro da primeira quinzena de setembro quando diretores da Berneck (exceto Gilson Berneck que possuía compromisso familiar) recepcionaram o governador Moisés no local onda a planta industrial está sendo instalada, às margens da BR-116

INFORMAÇÕES DE SETEMBRO

O CEO da empresa Berneck, André Fauth, destacou (quando desse evento há dois meses) a que o apoio do Estado foi fundamental para a instalação da nova fábrica em Lages. A estrutura de R$ 1,6 bilhão vai oferecer 550 empregos diretos e 2,5 mil indiretos. A nova fábrica terá capacidade de produzir 570 mil metros cúbicos de MDF e 450 mil metros cúbicos de serrados por ano. Nesse ato de setembro ocorreu a entrega de documentos (pelo Estado) para que a subestação que vai abastecer a unidade industrial possa operar. “A subestação é o coração da nossa indústria, e liberada representa o pontapé inicial para os testes que começaremos a fazer com os equipamentos”, relatou Fauth.

TRÊS PERGUNTAS A DANIEL BERNECK

DIRETOR INDUSTRIAL DA BERNECK

Através da Área de Comunicação e Marketing da Berneck, enviamos três ponderações, relacionadas ao empreendimento em Lages, para serem respondidas pelo diretor, Daniel Berneck. De imediato temos as respostas:

O início da operação da unidade fabril de Lages compreende a totalidade da planta industrial ou haverá operação de forma gradativa até atingir os 100% da previsão?

Daniel Berneck – A Berneck irá inicializar a planta em sua totalidade (serraria e MDF) já no primeiro trimestre de 2022.  Porém, inicia-se primeiramente com testes em vazio, depois testes com material, um turno de produção, até atingir três turnos de operação regular. Normalmente este processo todo leva de 3 a 6 meses após o teste em vazio para chegar nos três turnos de operação. 

O acesso à unidade fabril de Lages (leia-se BR-116) já está definida a parte de obras com aprovação da ANTT e Autopistas Planalto Sul?

Daniel Berneck – O projeto já foi aprovado pelo consórcio de empresas envolvidas. Já foi aprovado pela Autopista Planalto Sul e está atualmente em orçamento e pendente da aprovação final da ANTT, onde já foi protocolado há um mês.

A Unidade de Lages irá operar com matéria prima (floresta) especificamente da Serra Catarinense ou haverá necessidade de adicionar volume de toras de outras regiões do Estado?

Daniel Berneck – Gostaríamos de utilizar apenas madeira da serra Catarinense, mas o mercado é quem vai dizer.  O momento atual é de altíssima demanda por parte das indústrias madeireiras e, neste momento, estamos prevendo a necessidade de madeira de outras regiões e Estados.  Para se ter uma ideia, uma planta deste porte, normalmente tem a necessidade de ser suprida por aproximadamente 70.000 ha de floresta plantada.

Empresário Daniel Berneck, Diretor Industrial da Berneck, informando de maneira clara sobre os passos que compreendem o início das operações da unidade fabril de Lages

Fotos: Greick Pacheco e Divulgação

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *