Geral

R$ 13 milhões de equipamentos à nova ala

Porque virou uma espécie de porta voz da cruzada pela abertura da nova ala do Hospital Tereza Ramos, o vereador e pré-candidato a prefeito (provavelmente pelo PSL), Lucas Neves, foi convidado pelos empresários ligados à diretoria da Acil para falar sobre a audiência realizada na Câmara.

O QUE DISSE LUCAS?

De acordo com as informações repassadas pela Acil, o vereador Lucas Neves reforçou aquilo dito pelo Secretário de Estado da Saúde, Coronel Zeferino. “No momento está sendo realizada uma auditoria externa para verificar se os serviços foram executados de acordo com o que foi contratado e a previsão é de que seja concluída até o final deste ano. A partir daí, serão retomadas as obras para concluí-las”, citou Lucas na Acil.

SIGNIFICA PORTANTO…

Que não haverá licitação para escolher empresa e depois realizar a auditoria. O procedimento já estaria em curso. O Vereador repassou a informação de que o Governo do Estado está adquirindo R$ 13 milhões em equipamentos para a nova ala e tranquilizou a todos com relação a garantia dos aparelhos já adquiridos, “a garantia passa a valer a partir do momento que iniciarem a operação”.

INICIATIVA PRIVADA?

Havia – e talvez ainda haja – um movimento para tentar convencer o Governo do Estado a terceirizar o funcionamento da nova ala. Uma licitação escolheria a empresa com know how suficiente para gerir a estrutura. Entretanto, essa hipótese, nas palavras do Secretário Zeferino está descartada. O Estado pretende tocar como estrutura pública. Significa, portanto, que no começo do ano que vem poderá ser lançado concurso, visto que, ao todo, mais de 700 profissionais devem tocar aquilo que é a nova ala do Tereza Ramos nas diversas áreas.

Vereador Lucas na reunião semanal da Acil parlando sobre a nova ala do hospital Tereza Ramos

Foto e informações: Sheila Rosa – Acil

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *