Geral

R$ 2,4 milhões ao hospital de São Joaquim

Municípios como Otacílio Costa, Urubici, Correia Pinto, Anita Garibaldi, Campo Belo do Sul, Bom Retiro e São Joaquim possuem unidades hospitalares. E essas se mantêm a partir de atendimentos pelo SUS, ajuda de algumas empresas (caso da Klabin em Correia Pinto e Otacílio Costa) e apoio das prefeituras.

CASO DE SÃO JOAQUIM

No segundo maior município da Serra Catarinense, prefeito Giovani Nunes se reuniu com a superintendente do Hospital Sagrado Coração de Jesus, Agna Mara Schlesting e com o presidente da Associação Bento Cavalheiro do Amaral, João Paulo de Jesus. Eles assinaram do termo de colaboração de repasse financeiro à instituição de saúde. Com o valor repassado será possível abrir o Plantão Clínico e ainda expandir o Plantão Obstétrico.

Macari, Chefe de Gabinete e José Teodoro Sena, Secretário de Saúde (ambos à esquerda) participaram com o prefeito Giovani da assinatura dos termos de cooperação no valor de R$ 2.400.000,00

JOAQUINENSE NASCE EM SÃO JOAQUIM

Esse Plantão Obstétrico, por exemplo, faz com que haja atendimento permanente, evitando que parturientes precisem se deslocar a Lages para dar a luz. São filhos de joaquinenses nascendo em São Joaquim, num atendimento de excelência por profissionais que vivem o dia a dia da comunidade. ‘É gratificante o município poder cumprir com as obrigações com a Saúde, ser parceiro da Associação Bento Cavalheiro, aumentar o repasse ao hospital Sagrado Coração de Jesus. Com este repasse estamos investindo para ajudar as pessoas que buscam atendimento de urgência”, destaca Giovani Nunes.

Secretário José Teodoro, Agna, João Paulo e Giovani Nunes com o termo de cooperação assinado

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *