Geral

Reposição de 2020 aprovada para 2022

MAS OS SERVIDORES DEVERÃO RECEBER TAMBÉM O IMPACTO EM SEUS SALÁRIOS DA REPOSIÇÃO DE 2021 QUE SOMADOS (OS DOIS ANOS) PODE CHEGAR A 15%

O que a Câmara de Vereadores de Lages aprovou nesta semana foi a correção de um atraso no repasse da inflação do ano passado (2020) para impactar nos salários do funcionalismo. Por causa da proibição de aumento de gastos com pessoal, os servidores não tiveram a reposição de 2020 nos salários de 2021. Essa lei aprovada está corrigindo isso, concedendo o acumulado do IPCA (4,52%) em três parcelas, a partir de janeiro de 2022. O índice vai considerar o valor que cada servidor recebia em dezembro do ano anterior (2019). Meio confusa a coisa, mas é bem isso!

E A REPOSIÇÃO DAS PERDAS DE 2021?

Também com impacto na folha do ano que vem, será concedida, após aprovada na Câmara, a reposição de 2021. Como o ano legislativo inicia dia 01.02.22, provavelmente após essa data o projeto será apreciado pelos vereadores para a concessão da reposição deste ano. E o pagamento será retroativo a janeiro de 2022.

QUANTO SERÁ A REPOSIÇÃO DE 2021?

Uma espiada nos índices indica que o acumulado do IPCA de janeiro a outubro chegou a 8,24%. A Prefeitura aguarda os índices de novembro e dezembro para em janeiro elaborar o projeto de reposição. Deve ficar acima dos 10%.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Significa que o servidor municipal de Lages irá receber os 4,52% de reposição de 2020 e mais o IPCA acumulado de 2021. O somatório disso implicará uma reposição na ordem de uns 15% para os servidores, considerando que aquilo aprovado nesta semana na Câmara será pago em três parcelas (incorporando mês a mês). Porém, depois desses 4,52% incorporados à folha, será o resultado desse impacto no valor dos salários considerado para aplicar o IPCA (reposição) deste ano.

Prefeito Ceron (no registro com profissionais da Educação durante inauguração da revitalização do CEIM do bairro Bom Jesus), não incluiu a reposição aos professores ACTS e Agentes de Saúde, porque essas categorias tem piso próprio definido em norma federa

CURIOSIDADE:

COMO QUE OS SERVIDORES DA CÂMARA

TÊM REPOSIÇÃO E OS VEREADORES NÃO?

A explicação é simples. Os 4,52% se constitui a defasagem dos salários de 2020. E em 2020 os atuais vereadores não detinham o atual mandato. E como eles recebem pelo atual mandato, não há que se cobrar reposição para salário (proventos) que não existia.

ENTRETANTO

Os vereadores terão seus salários abrangidos pela reposição deste ano (2021) na remuneração do ano que vem. Significa que se o IPCA der 10%, os salários dos vereadores passam de atuais R$ 9.200,00 para R$ 10.120,00. E o presidente da Câmara que recebe nos dias atuais R$ 13.800,00 irá ter como remuneração R$ 15.180,00.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *