Geral

Ricardo Bergha estreia em peleia solo

ARTISTA LANÇA CLIPE NESTE DOMINGO A PARTIR DE PRODUÇÃO QUE APRESENTA O MELHOR DO NATIVISMO

Músico sulista, com o umbigo enterrado em Lages, boleia a perna na carreira musical, na linha de um nativismo que tanto agrada aquele público mais exigente. É Ricardo Bergha que formava o quadripé do Quarteto Coração de Potro, aquela referência gigante no nativismo, mas que agora envereda para a carreira solo.

O QUE TEMOS DE BERGHA?

Temos um trabalho de estreia mesclando ineditismo e boas interpretações ao que há de mais autêntico neste mundo do nativismo. Ricardo Bergha lança neste domingo (22), o primeiro clipe de uma das músicas que estarão no próximo disco chamado Quando saio a cavalo. O seu primeiro trabalho em carreira solo tem parceria de Rafael Ferreira e Filipe Calvete Corso.

SOBRE O TRABALHO

O disco contará com oito faixas, sendo duas completamente inéditas. O álbum também terá a presença de renomados cantores e instrumentistas. Uma das faixas é a que deu origem ao clipe Alvorada de saudade. A música foi gravada no estúdio Chalé 8 do produtor Alesandro Lopes e a produção do vídeo é de Wendel Graupner.

AINDA SOBRE O CLIPE

Participam da música o saxofonista Daniel Zanoteli, o violonista Marlus Pereira e, no baixo fretless, Negrinho Martins. O lançamento do vídeo na plataforma Youtube acontece às 11:00h de domingo no canal do músico Ricardo Bergha. Em suas redes sociais, o artista dá maiores detalhes sobre este trabalho.

Aqui está o retrato do ruivão do Quarteto, agora em carreira solo. Ricardo Bergha fazendo o que mais gosta (conteúdo musical) para agradar uma legião de apreciadores de música de verdade que é a autêntica nativista dos pagos do Sul do Brasil

Com informações de Wendel Graupner

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *