Geral

Rio Rufino a Urubici: Agora vai!

SECRETÁRIO THIAGO VIEIRA CONFIRMA QUE DUAS EMPRESAS ESTÃO NA DISPUTA PARA EXECUTAR O ASFALTO NO TRECHO DA SC-370 ENTRE OS DOIS MUNICÍPIOS DA SERRA

Prefeito Giovani Nunes de São Joaquim disparou o vídeo do secretário Thiago Vieira (Infraestrutura) com a boa notícia sobre o asfaltamento entre os municípios de Rio Rufino e Urubici. É boa notícia porque depois do contentamento coletivo da entrega da autorização para licitação lá no começo de novembro do ano passado, dois certames restaram desertos. Significa que foram lançadas duas vezes a licitação e nenhuma empresa se interessou.

VALORES ATUALIZADOS

A primeira licitação lançada foi de R$ 129 milhões. Sem empresa interessada, o valor foi atualizado para R$ 132 milhões. Da mesma forma, considerando o projeto a ser executado, as empresas que consultaram o edital perceberam que pagariam para trabalhar. E nada de definição. Em meados de maio foram atualizados os dados e a licitação foi fixada em R$ 174.400.000,00. Nesta terça-feira, 21, o secretário Thiago Vieira trouxe a boa notícia: duas empresas estão habilitadas. Uma delas irá asfaltar os 29 km.

Se tudo correr bem, com as empresas concorrentes atendendo os critérios técnicos, uma delas será homologada para asfaltar os 29 km entre Urubici e Rio Rufino

Compartilhe

1 thought on “Rio Rufino a Urubici: Agora vai!”

  1. Edson, duas perguntas sobre outro assunto, não houve voo para Correia Pinto hoje? Aliás não houve sequer a venda de passagem no site, e nem informação do voo… Outra coisa, no site da Azul a partir de Julho já não constam mais voos aos domingos, e a partir de Agosto o horário será alterado com chegada às 14:35 e decolagem 15:30, ou seja, mais uma vez começam alterações de horários e são cortados dias de voos, o horário até entendo que pode ser devido as condições climáticas, mas não ter voos aos domingos sendo que não faz nem um mês que aquele encontro na Acil as prefeituras, governo e administradora comemoravam ótimos números desse voo, que números bons são esses que não conseguiram no passado manter o voo em Lages e agora não conseguem segurar a regularidade desse mísero voo? A impressão é que a rota é colocada aqui apenas para as empresas se beneficiarem do incentivo de combustíveis e

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *