Geral

Lá vem o Paço acelerando o passo

ESTACIONAMENTO PAGO EM LAGES COMEÇA DIA 14 DE DEZEMBRO

Embora defensor e torcedor do sistema de estacionamento rotativo para democratizar o uso de vagas, iria iniciar a prosa criticando essa rapidez da entrada em funcionamento da cobrança. Mas antecipo a mea culpa ao pegar como modelo Joinville. A maior cidade catarinense implementou a zona azul com o rotativo no ano passado. E houve o mesmo prazo – duas semanas – de orientação para motoristas e treinamento de monitores.

PORTANTO

Sem churumelas por este ou aquele motivo. Na segunda segunda-feira de dezembro – dia 14 – quem estacionar nas vias mapeadas – e com sinalização indicativa – terá que casear os pilas para deixar o carango.

ENTENDA A DINÂMICA

Monitores treinados venderão crédito em cartões magnéticos para que desses seja abatido o tempo que o veículo permanecerá na vaga. Mas o usuário tem a opção – e já fizemos isso para testar e se constitui numa tecnologia por demais bacana – de carregar direto pelo cartão de crédito no aplicativo do celular. Cada vez que a monitora passar pelo seu carro estacionado, apenas passa a maquininha abatendo do seu crédito o referido valor daquela estacionada.

Absolutamente recomendável que você cadastre seu veículo e mantenha crédito no sistema, podendo estacionar sem se preocupar em adquirir crédito no parquímetro ou de monitores

COMO FUNCIONA A MULTA?

Vai ter um ou outro que ignorará a necessidade de ter crédito para estacionar ou pagar às monitoras pelo sistema. Nesse caso, elas emitem – não sei de Lages, mas em regra é isso – uma advertência que é colocada no veículo. Quando passar o Agente de Trânsito ou a PM (e só esses têm a autoridade para isso), poderão emitir notificação por infração de trânsito. É uma notificação de natureza grave com 5 pontos na CNH e R$ 195,23 de multa.

SAIBA SOBRE ESTACIONAMENTO ROTATIVO

Monitores e monitoras – 45 atuarão em Lages – não têm poder de multar motoristas. Apenas venderem crédito para estacionamento e fiscalizam se o veículo está cadastrado e pagou pela utilização da vaga. Se está no sistema, deduzem do crédito o valor do custo da vaga. Se não está, emitem advertência para que PM ou Agentes multem quando passarem no local.

Motorista não pode argumentar desconhecer o sistema como motivo para não adquirir crédito e pagar pelo estacionamento do veículo.

Quem não pagar pelo sistema rotativo tem como penalidade multa. Não existe retenção ou remoção por estacionamento sem crédito.

Pode ocorrer retenção ou remoção, por outros motivos que deem causa a tal providência quando o Agente aborda o condutor/veículo no estacionamento rotativo.

Embora o estacionamento rotativo seja concessão, o papel dos Agentes de Trânsito é fundamental para o disciplinamento e adesão ao sistema. Até porque, quem não aderir, será multado.

Compartilhe

1 comentário para: “Lá vem o Paço acelerando o passo”

  1. E se meu veículo for roubado, a empresa vencedora da licitação irá me ressarcir?
    Pela legislação se tem cobrança, tem que cobrir os danos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *