Geral

Santa Clara: Um ano de intervenção

FOI NO DIA 6 DE MAIO DO ANO PASSADO QUE O PREFEITO FABIANO BALDESSAR DECRETOU INTERVENÇÃO ADMINISTRATIVA NO HOSPITAL SANTA CLARA. O QUE MUDOU NESSE PERÍODO?

Interventora nomeada para administrar o Hospital Santa Clara de Otacílio Costa, Beatriz Mesquita, compartilhada todo mês os números relacionados à gestão. São dados que indicam despesas, receitas e pagamento de dívidas da instituição que caminhava – segundo argumento no decreto de intervenção – para a insolvência. E isso colocava em risco o atendimento à população tanto de Otacílio Costa quanto de Palmeira.

O QUE SE FEZ EM UM ANO?

Tomando como base o mês de abril, a Prefeitura de Otacílio Costa repassou – com autorização da Câmara de Vereadores – R$ 250 mil para ajudar na mantença do hospital Santa Clara. São pouco mais de R$ 125 mil de receita de serviços prestados via SUS. A Klabin doa mensalmente R$ 15 mil e a prefeitura de Palmeira repassa quase esse montante pelos serviços prestados aos moradores deste município.

GASTOS E DESPESAS

Mês passado a receita do Hospital Santa Clara chegou a R$ 523.557,46. Mas as despesas segue em valores maiores. Foram R$ 605.558,74 em abril sendo que os maiores gastos são com a folha e encargos de pessoal (R$ 160 mil) e plantão médico (R$ 140 mil). Também há gastos com ação trabalhista (R$ 33 mil) e com parcelamento de dívidas (R$ 96 mil INSS). Daí o fato de haver mais gasto que receita, como aponta o somatório de abril. Mas a dívida que motivou a intervenção administrativa, no período de 12 meses, apresenta uma redução, como se vê abaixo:

A dívida que era superior a R$ 6,6 milhões, agora é inferior a R$ 5 milhões com o um milhão e meio de reais pagos nesse período de 12 meses

A intervenção administrativa feita em 6 de maio do ano passado por 6 meses, foi prorrogada por mais 6, fechando o prazo nesta sexta-feira, 06. Mas é bastante provável que haja nova prorrogação, considerando a realidade um pouco melhor das finanças do hospital, mas ‘em situação que ainda inspira cuidados’.

***

Abaixo conteúdo publicitário!

TERRA ENGENHARIA INFORMA:

Aproveite as últimas unidades à venda do empreendimento que tem a marca Terra Engenharia. No caminho entre o Centro e a Área Industrial de Lages, está em fase final de construção o Residencial Mirante da Boa Vista. Passa lá!

E distante 300 metros do Mirante da Boa Vista, outro empreendimento Terra Engenharia toma forma. É o Residencial Bérgamo. Venha conhecer, venha viver numa região valorizada e de excelente localização.

REGISTROS DE INCORPORAÇÃO

Mirante da Boa Vista: R3/39.142

Residencial Bérgamo: R3/41196

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *