Geral

Saúde em Lages: ‘Cenário de guerra’

SECRETÁRIO DA SAÚDE FAZ RELATO DA SITUAÇÃO DA NOITE DE SEGUNDA-FEIRA, 15

Depois de uma segunda-feira tensa, com reuniões e coleta de dados, confirmando criança de dois meses na UTI por Covid-19, outras duas internadas e os leitos adulto com 100% de ocupação, secretário Claiton Camargo de Souza deu expediente no Centro de Triagem à noite. Antes ainda participara da decisão de manter as restrições para tentar frear os casos na cidade.

ENTÃO

Pouco antes da meia noite, o Secretário de Saúde de Lages compartilhou:

“Saindo agora do Centro de Triagem, às 23h30min. Cenário de guerra: 52 pacientes aguardando para serem triados (submetidos à triagem) com espera de mais de 4 horas. São 5 pacientes entubados aguardando leito de UTI. Todos os pontos de oxigênio () ocupados. Não conseguimos mais médicos para auxiliar. Tivemos que buscar respiradores da UPA, estamos emprestando um do Hospital Tereza Ramos.

Equipe trabalhando a mil, mas não está fácil!

Que Deus nos proteja”.

O próprio secretário mostra ficha de paciente que chegou às 19h07min para atendimento, à espera às 23h30min para ser triado, pela limitação de profissionais e elevada quantidade de gente em busca de procedimentos por suspeita de Covid-19.

Compartilhe

1 comentário para: “Saúde em Lages: ‘Cenário de guerra’”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *