Geral

Saúde: Investe-se mais e ainda é pouco

Deputada Carmen Zanotto (Cidadania) colocou em sua pauta da semana a participação na conferência estadual de saúde realizada em Florianópolis. A iniciativa é uma preparatória para a versão nacional desse debate previsto para agosto no DF. A parlamentar confirma que se investe mais que o exigido pela Constituição Federal, mas que careceria de mais dinheiro ainda para se investir em saúde:

“Deveriam investir 15%, mas a grande maioria dos municípios aplica até 24% da receita e alguns chegam a 37%. Os Estados, que deveriam investir 12%, a média é de 14%. Por isso, precisamos ampliar os recursos orçamentários nesta área tão importante”.

Na abertura da conferência em Floripa, a deputada aproveitou para trocar informações com o Coronel Zeferino, titular da Secretaria de Estado da Saúde

MOMENTOS DIFÍCEIS À SAÚDE

Carmen ressaltou que a saúde vive um momento difícil com a Emenda 86, que estabelece orçamento impositivo e retira recursos da saúde pública, e com a Emenda 95, que congela os gastos com os serviços sociais. Embora o SUS tenha registrado avanços nestes 30 anos de existência, a parlamentar catarinense avaliou que é preciso melhorar o atendimento das milhares de pessoas que procuram os hospitais e unidades de saúde em todo o País.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *