Geral

Saúde liga para você: Não é golpe!

TÃO IMPORTANTE QUANTO DIVULGAR O SERVIÇO É DESTACAR QUE A MENSAGEM NÃO É GOLPE

“As pessoas devem atualizar seu número de telefone nas UBS, caso haja alguma alteração, para que possam ter acesso a este serviço que ajudará a melhorar a situação das confirmações e cancelamento de consultas, evitando que sejam eventualmente esquecidas por parte da população”.

Palavras acima é do mais baixinho da foto, o Secretário de Saúde de Lages, Claiton Camargo de Souza. A fala se refere a uma providência para tentar reduzir uma situação bem chata. Pessoas marcam consultas e exames e não comparecem. A partir de agora uma mensagem será enviada ao telefone celular do paciente, diretamente do número (48) 98843-7754. Importante observar que o paciente deverá entrar no link da mensagem para confirmar que estará na consulta ou fará o exame. E se não fizer, pode comunicar antecipadamente (no link) permitindo que outra pessoa seja atendida.

NÃO É GOLPE

É fundamental que se dê publicidade dessa iniciativa porque vivemos tempos de muitos golpes via telefone. Daí é importante frisar que uma mensagem dessas, lembrando o paciente do exame ou da consulta, não é golpe. É aviso, alerta da data e hora do procedimento. “O serviço é seguro e não pede nenhum tipo de dado pessoal, apenas uma confirmação ou negativa do paciente, para que se possa agilizar o andamento fila de espera e também relembrar a pessoa da data do procedimento agendado”, explica o secretário Claiton Camargo de Souza.

E SOBRE A FOTO ACIMA?

Foi a participação do Secretário de Saúde de Lages na 1.ª Assembleia Geral Extraordinária do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina. São 300 dirigentes municipais da área da saúde discutindo ações conjuntas do setor. Além do governador Moisés, o secretário de Estado da Saúde, André Mota Ribeiro, falou aos participantes. Como meta ele destacou “18 meses em seis”, que visa a reduzir a fila de espera por cirurgias eletivas e a nova Política Hospitalar Catarinense (PHC), que irá investir R$ 600 milhões em hospitais de Santa Catarina.

Dirigentes das secretarias municipais de Saúde dos 296 municípios foram convidados para o encontro realizado em São José

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *