Geral

SC: Com ou sem radares nas estaduais?

É pouco provável que o joaquinense ou lageano que frequenta esses trechos da SC-114 entre o Rio Lava Tudo e Painel não tenha sido flagrado além dos 80 km/h lá no final da reta, onde os policiais militares rodoviários estaduais ficam à espreita, com o radar fumegando. Não há qualquer ilegalidade nisso, muito pelo contrário. Mas o que inerva os viventes é a surpresa, o ‘escondidinho’. Porém, não haveria como multar os que abusam se avisassem eles antes…

ENTRETANTO

O uso de radares móveis pelos policiais rodoviários do Estado está no banco dos réus. O deputado Cobalchini é autor do projeto que pretende varrer do mapa das estradas a atual modalidade de aplicação de fiscalização. Parlamentar entende, equivocadamente, que o propósito da atuação policial é arrecadatório e não educativo.

POLÍCIA FAZ ENQUETE

A Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina puxou em seu portal uma consulta aos catarinenses. Indaga se esses são favoráveis à utilização dos radares fixos. Entre as opções dadas, observe o que dizem os mais de 2.300 votantes:

Quer opinar também? Acesse aqui e vá lá na parte final do portal da PMRV!

O QUE PENSO A RESPEITO?

Uma imagem que circula nas redes sociais como sendo da estrada Lages a Otacílio Costa, onda a PMRV flagrou um veículo com velocidade quase 150% acima do limite de 80 km/h responde o que a gente pensa a respeito. Quem anda dentro dos limites não é multado nunca!

O condutor desse veículo é um motorista ou uma kamikase que pode ter a própria vida e também a vida de terceiros ceifadas a qualquer momento?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *