Geral

Seguem ações de melhorias na BR-282

ENQUANTO O TRECHO LAGES A FLORIANÓPOLIS SEGUE NA PAUTA POR MAIS TERCEIRAS FAIXAS, A RODOVIA RECEBE AÇÕES ALÉM DA MANUTENÇÃO

Os 200 quilômetros que separam Lages de Palhoça pela BR-282 têm sido motivo de debate com uma frequência maior nos últimos anos. É que o fluxo de veículos aumentou consideravelmente e em trechos como entre Alfredo Wagner e Palhoça – por causa do fluxo do Alto Vale que foge da BR-470 e utiliza a BR-282 em direção à Capital – a situação é mais complicada com engarrafamentos em determinados dias e horários. Daí que existe a luta pela implantação de terceiras faixas.

ENQUANTO AS TERCEIRAS FAIXAS NÃO SÃO IMPLANTADAS…

O trecho mais serrano da referida rodovia vem recebendo algumas melhorias. Além de terceiras faixas entre os quilômetros 2009 e 2007 da rodovia (morro de Índios), houve também melhorias com a colocação de capa asfáltica, permitindo o recapeamento completo de 10 km entre os km 155 e 165 (Bocaina do Sul e Bom Retiro). Além da capa asfáltica que trata o pavimento de maneira uniforme, superando o chamado tapa buracos, a nova sinalização aplicada em cima do asfalto novo reforça a segurança dos usuários.

Uma ideia de como ficou a rodovia no trevo de entroncamento e acesso ao município de Rio Rufino. Além da capa asfáltica, a pintura e sinalização deixam o local mais seguro

Na altura do km 164 na divisa de Bom Retiro e Bocaina, a ponte sobre o Rio Canoas ganhou camada asfáltica e pintura com sinalização

A floresta de pinus na faixa de domínio, cortada faz uns 10 anos, já cresce novamente no trecho em direção a Bom Retiro, já com o recapeamento da pista de rolamento no trajeto

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *