Geral

Semana de Lages passa quase em branco

ANIVERSÁRIO DE UMA DAS 10 MAIORES CIDADES CATARINENSES NÃO REGISTRA PROGRAMAÇÃO FESTIVA MAIS ROBUSTA ALUSIVA AOS 255 ANOS

Talvez por causa desse número 55 que aparece depois dos 200. Talvez porque a pandemia fez os fazedores de festa desaprenderem. Talvez tenha um ou outro entre os tomadores de decisão no Paço pensando (erradamente) que não há motivos para comemorar.

E MAIS

Talvez a gente esteja equivocado e está tudo certo. E não há clima para comemoração. Talvez transpareça inconformismo por querermos ver eventos que joguem a cidade para cima, comemorando-se o que consideramos um bom momento resultante do esforço do poder público, iniciativa privada e sociedade em geral.

E NO MEIO DE TANTO TALVEZ…

O fato é que a Semana de Lages (programação que antecede o aniversário e fecha com o 22 de novembro) não existiu neste 2021 em que chegamos a 255 anos de fundação da Vila de Nossa Senhora dos Prazeres das Lajens. Teremos, pelo que chega da informação oficial, alguma coisa de evento respeitável, porém mais discreto. E com imenso respeito aos articuladores de tais eventos, nada é tão grandioso a altura que a chegada aos 255 anos de existência desta cidade merecesse. Até porque, a prefeitura pegou carona em tais eventos que aconteceriam independente do aniversário.

É…MAS TEM MISSA!

Os discordantes de que não há festividades, haverão de argumentar que na boca da noite do domingo, véspera do aniversário dia 22, segunda-feira, haverá uma celebração para marcar os 255 anos de Lages na Catedral Diocesana. Excelente. É ótimo rezar, orar. Até porque, saindo daqueles dias de angústias da pandemia, umas preces em retribuição não têm contraindicação.

EVENTOS PÓS-ANIVERSÁRIO

Meio que forçadamente foi colocada na ‘programação do aniversário’ a inauguração do Mercado Público lá no dia 04 de dezembro, duas semanas depois do 22 de novembro.

A revitalização ficou show. Mas nada a ver com o aniversário da cidade. Só falta incluírem a Festa do Pinhão do ano que vem na programação do aniversário.

ENTÃO E PORTANTO

Lages chega aos 255 anos com uma programação discretíssima de comemoração. Ano passado foi compreensível. Não fazia sentido qualquer comemoração. Mas esta retomada de economia, de vida, de ânimo (apesar de alguns índices pandêmicos ainda motivadores de cautela), mereceria uma comemoração mais a altura do que é Lages.

E..

Quem sabe o poder público pague essa dívida de uma reverência mais pomposa ao aniversário de Lages numa outra oportunidade também histórica e importante: Os 100 anos da Catedral Diocesana, que comemoraremos em 2022. Aguardemos, pois!

Com esse fotaço do Marlon Sá Molin (MSM Imagens Aéreas) vamos colocar na pauta que em 2022 transcorre o aniversário de um século desde a inauguração do monumento que, quando aparece, nem precisa dizer o nome da cidade porque todos sabem.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *