Geral

Sindicatos repudiam reforminha do Paço

 Os três sindicatos que representam os servidores municipais de Lages emitiram nota de repúdio ao conteúdo da reforminha enviada pela prefeitura à Câmara. Entre outros teores, a missiva aponta que:

“Surpreendentemente, a pauta foi enviada ao legislativo menos de uma semana após a histórica audiência pública que reuniu centenas de servidores públicos, justamente para cobrar respeito ao funcionalismo, com o pedido de unificação dos estatutos. Isso mostra que o poder executivo virou as costas para o servidor, e está retaliando os sindicatos, em razão das ações judiciais movidas para assegurar o cumprimento da legislação municipal, combater o tratamento desigual, e buscar isonomia para os servidores”.

SOBRE A REFORMINHA

“Projetos de Lei complementares números 19, 20 e 26 visam, respectivamente, reduzir as férias dos servidores, interromper a progressão funcional e diminuir as férias dos professores, e cortar o vale alimentação daqueles que estiverem em licença de saúde, licença maternidade, atestado médico, etc. Esses projetos ferem a dignidade dos servidores, pois tiram direitos básicos daqueles que são obrigados a se afastar de suas funções para cuidar da saúde ou para ter filhos”.

O repúdio é assinado pelo Jacir Pasetto do Sindiaffi, Elaine Moraes do Simproel e Agenor Chaves que preside o Sindserv. Os sindicalistas mobilizam os servidores para irem à Câmara na segunda-feira, 10, quando os projetos serão apreciados

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *