Geral

Sinotruk: Duas perguntas ao Paço

SINCPI INVESTIGA NA CÂMARA DE LAGES OCUPAÇÃO DE ÁREA EM TESE PÚBLICA SITUADA ÀS MARGENS DA BR-282

Já deve ter deixado a ‘rua da vergonha’ um ofício originário do legislativo lageano que deve bater à porta do Executivo nesta segunda-feira, 07. É o primeiro documento produzido na SINCPI – CPI da Sinotruk que se sustenta na ideia de apurar indícios de irregularidades e supostas irresponsabilidades na ocupação de área em tese pública que foram comprada (embora ainda não paga) para sediar uma montadora de caminhões.

AS PERGUNTAS AO PAÇO

A primeira reunião da CPI formada aconteceu no segundo dia de junho e decidiu por entregar neste sétimo dia do mês duas perguntas ao primeiro mandatário do município: De quem é o terreno? E como está sendo ocupado? Os gestores do município podem responder até o sétimo dia do recebimento as duas indagações. O cronograma prevê que na metade do mês – 15 de junho – os cinco vereadores que compõem a comissão voltem a se reunir.

Aqui está o corpo diretivo que forma a SINCPI com a presidência de Elaine Moraes, tendo ainda a colega dela de plenário Katsumi (PP), Agnelo Miranda (PSD), Jair Júnior (Podemos) e Nei Casa Nossa (PSL) como integrantes

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *