Geral

Sobre Marcius: ‘Se não atrapalhar, já ajuda’

DEBOCHE AO NÍVEL DO MAR COM POSTURA DO DEPUTADO LAGEANO SOBRE AÇÕES DO GOVERNO NA SERRA

“Se o deputado da região de vocês não atrapalhar já estará ajudando. Na verdade as coisas estão acontecendo com a celeridade extrema, com gente que entende tomando as providências, correndo em busca de solução. Daí não precisa de alguém que nem sabe o que está acontecendo ir pregar que está fiscalizando e cobrando. Cobrar o quê? Aquilo que já está sendo feito? Nem vamos perder tempo com esse tipo de conteúdo que a gente tem coisa mais importante para fazer, inclusive para ajudar a Serra Catarinense, algo que estamos fazendo e muito”.

A gente não tem autorização para citar a origem da declaração ali de cima (não se quer criar animosidade), mas a destinação do recado é o deputado Marcius o que foi para o desvio da SC-114 reclamar da poeira causada pelo tráfego de veículos e pedir caminhão pipa para amenizar a situação. Também reclamou do tamanho das pedras usadas (lascão) que estariam furando pneus.

O QUE ACONTECE?

Sem acesso ao Governo do Estado, o deputado passou a atuar perifericamente, numa postura não de oposição, mas de contraponto a ações. A questão da pista danificada da SC-114, por exemplo, a partir de informações que teria recebido de engenheiros, Marcius informou que a obra levaria 4 meses para ficar pronta.

MAS

Do vídeo gravado pelo deputado até a liberação, deve levar um mês. A liberação deve ocorrer semana que vem. Ou seja, o pessoal do governo meio que ignora o parlamentar já que o papel dele deveria ser de gestionar junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura e não no trecho. Algo que Lucas Neves mesclando a articulação com os gestores, e no trecho com a equipe. Percebendo essa desvantagem, Marcius critica, reclama da poeira, do lascão e é tratado com ironia a nível do mar.

Lucas Neves mescla a atuação entre a articulação burocrática em Florianópolis e o acompanhamento no trecho no próprio local do problema na SC-114

GOVERNO DESISTE DE MARCIUS

A gota d’água para essa desesperança dos governistas com Marcius foi o voto contra a reforma da previdência (aprovada por 30 votos a 09). O projeto significa possibilidade de ampliar aporte de dinheiro para áreas como Saúde, Educação e Infraestrutura, além da Segurança. E isso independente de quem seja o futuro governador (talvez o próprio Jorginho Mello, do mesmo partido de Marcius).

E…

O deputado, que é muito inteligente, sabe desse reflexo positivo às finanças do Estado com a reforma aprovada. Mesmo assim, votou contra. E ninguém entende a razão. Nem a justificativa que deu nas redes sociais foi possível entender. Diante dessa insegurança de postura, o próprio governo desistiu de Marcius. Vai deixá-lo falando com as pedras e reclamando da poeira enquanto a obra segue.

Compartilhe

2 comentários para: “Sobre Marcius: ‘Se não atrapalhar, já ajuda’”

  1. Kkkk nunca fez nada pela região, demagogo demais e já chegou no ápice agora ladeira abaixo.

  2. O deputado tem razão de reclamar! Estamos com a estrada interrompida desde maio/21 e quem precisa passar pelo local está sendo muito afetado.
    O governo está fazendo, mas o ritmo é muito lento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *