Geral

Sobre reutilização de paralelepípedos

VEREADOR NEI CASA NOSSA QUER QUE LAJOTAS DA RUA 31 DE MARÇO ATENDAM OUTRAS DUAS VIAS DO BAIRRO GUARUJÁ. QUAL SIGNIFICADO DESSA PROVIDÊNCIA?

De antemão é possível informar que o significado da providência relacionada à retirada de lajotas e paralelepípedos de vias para receber pavimentação asfáltica é que a obra terá um custo, pelo menos, 30% a maior. Há explicação para tanto. Com o paralelepípedo ou lajota recebendo a camada asfáltica por cima (apenas com correções adequadas), é dispensado o trabalho de colocação de sub-base, base, macadame, colchão drenante (em alguns casos) e toda a estrutura que antecipa uma pavimentação. Retirando o pavimento antigo para o asfalto, é preciso executar tais etapas. Daí o custo se eleva da obra.

EXEMPLO DISSO

Ruas como a Cirilo Vieira Ramos, apesar de um pavimento antigo inconstante, recebeu reparos para o asfalto, mas sem a retirada de paralelepípedo em parte do trecho. Essa dinâmica tem se repetido em outras vias da cidade. Entretanto, com os recursos estaduais liberados mês passado pelo governador Moisés, será possível executar obras de pavimentação começando do zero. É o caso da rua Manoel Antunes Pessoa, por exemplo (bairro Penha/São Miguel). Tanto que o Assessor Lucas Neves, pediu que a lajota sextavada ali existente, atenda outras duas vias do bairro São Miguel.

PEDIDO NO GUARUJÁ

Vereador Nei Casa Nossa, na mesma linha, está pedindo que a prefeitura, ao revitalizar a rua 31 de março, onde há lajota (ou paralelepípedo) tal pavimento antigo atenda as ruas Glorocindo Alves Paim e Sargento Dias. Com isso, a principal via do Guarujá (31 de março) terá novo pavimento e as ruas citadas, uma pavimentação. “Tal reaproveitamento traria economia aos cofres públicos”, justifica Nei Casa Nossa. Mas essa ‘economia’ é relativa por causa do gasto a maior para executar a pavimentação do zero, depois da retirada das lajotas.

Vereador Nei Casa Nossa e a proposta apresentada à prefeitura para reutilizar material da rua 31 de março em outras duas vias do bairro Guarujá

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *