Geral

Relatório da CPI da Semasa no processo

INCLUSÃO FOI SOLICITADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO EM MANIFESTAÇÃO NO PROCESSO DA OPERAÇÃO MENSAGEIRO

Antes de concluir a instrução processual do procedimento que envolve o prefeito Ceron e dois ex-secretários (Arruda e Delfes), a desembargadora Cinthia Beatriz da Silva Bittencourt Schaefer, relatora do caso, atendendo uma diligência do Ministério Público de SC. Assim, determinou a inclusão de uma lei lageana relacionada e um processo disciplinar, tudo envolvendo a investigação e a questão do lixo e da iluminação pública. Documentos que podem ajudar na narrativa do MP/SC que sustenta a culpa dos envolvidos no episódio.

E MAIS O RELATÓRIO DA CPI

Além dos dois itens citados acima, também houve solicitação e determinação de inclusão por parte da julgadora do relatório final da CPI da Semasa, assim como os documentos coletados, vídeos, inclusive de depoimentos daqueles que foram chamados a depor. Evidencia assim que o trabalho dos vereadores, liderados por Jair Júnior (Podemos), que foi o relator da CPI, não teve um fim em si mesmo. O material pode ajudar no convencimento dos julgadores a respeito de tudo que está posto.

O teor do relatório lido há um mês em plenário na Câmara de Vereadores passa a constar do processo que envolve o prefeito Ceron e os ex-secretários Arruda e Delfes. O pedido de inclusão foi do MP/SC antes do término da instrução processual.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *