Geral

Transição: Vergonheira no Cerrito?

NOVOS GESTORES TIVERAM ATÉ DIFICULDADES DE ADENTRAR À PREFEITURA

Estava fazendo aquele ranking básico para guardar à posteridade das melhores gestões no período de 2017 a 2020 na Serra Catarinense. E por causa das ações e transformações, tinha Arno Marian como um daqueles que a gente tira o chapéu. Mas com a chegada das informações e fotos, resolvemos devolver o chapéu à cabeça porque é o tipo de situação que não se faz.

DO QUE FALAMOS?

Novos gestores cerritenses (José Dirceu da Silva e o vice Leonardo Heinzen) não conseguiram acessar informações, documentos e dados que dessem uma visão mais clara da situação da prefeitura. E como se não pudesse ser pior, na posse de prefeito e vice, de livro ata (para o ato) a acesso ao prédio da prefeitura, tudo foi complicado. Há um conjunto de fotos evidenciando certo desrespeito aos sucessores, numa postura absolutamente desnecessária pelo prefeito sainte e sua equipe, até porque a política é dinâmica, dá suas voltas e aqueles que se vão agora, podem ser os mesmos que estarão voltando num depois de amanhã desses.

Documentos largados nas mesas, caixas, nada de informação e assim foi a situação encontrada e lamentada pelos novos integrantes da gestão no Cerrito. A situação se repetiu em várias áreas da administração pública do município.

LÓGICO QUE…

Por ser feriado não buscamos o contraponto dos saintes, mas se esses tiverem alguma informação que destoe do relato e das dezenas de fotos que registraram a aparente bagunça, a gente está à disposição!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *