Geral

Transul retoma operações gradativamente

EMPRESA DO TRANSPORTE URBANO DE LAGES AVALIA MOVIMENTO EM ALGUMAS LINHAS, MAS BAIXO FLUXO DE PASSAGEIROS INDICAM QUE NUNCA MAIS SERÁ COMO ANTES DA PANDEMIA

É meio exagerado essa referência: Nunca mais será como antes da pandemia. Mas a ponderação ouvimos dos próprios gestores da Transul sobre a realidade que a empresa enfrenta, desde as restrições impostas pelas medidas restritivas. De meio milhão de pessoas utilizando os serviços mensalmente, a Transul não deve estar registrando 1/3 desse movimento nesse novo normal, ainda pandêmico.

RETOMADA GRADATIVA

Se por um lado há um recolhimento na operação de linhas, por outro já há realidades que exigem mais ônibus no trecho. Semana passada, por exemplo, a chamada viaginha – que é uma linha intermediária às tradicionais entre Guarujá e Centro – voltou a ser operada. Tudo porque as linhas estavam com ocupação além dos espaços nos ônibus. Mas tudo ocorre em caráter excepcional e de forma gradativa. O próprio retorno de ônibus aos domingos ocorreu no último final de semana, mas sem aquela empolgação de adesão dos usuários.

ONDE ESTÁ O PASSAGEIRO?

Não há como apontar um fator único respondendo pelo ‘sumiço’ dos passageiros, mas o transporte por aplicativo, a adoção de veículo próprio (apesar do valor nas alturas da gasolina) e essa saída de cena da própria Transul ajudam a responder o recolhimento daqueles que usavam o transporte público de forma mais habitual.

E…

Com medidas de contenções e reengenharia de gestão a Transul tenta se adequar aos novos tempos, mas o próprio prefeito Ceron já exteriorizou certa preocupação com o futuro da empresa. Como é serviço concessionado, se uma empresa não executar, é do município a tarefa. Já imaginaram a prefeitura ter que operar um sistema de transporte coletivo? Vamos bater na mesa três vezes!

Empresa do transporte coletivo de Lages vive novos tempos diante da pandemia, mas movimento igual aquele anterior a março do ano passado, dificilmente a Transul voltará a ter

Compartilhe

1 comentário para: “Transul retoma operações gradativamente”

  1. A verdade, e poucos entendem e outros nem querem entender, é que com o advento da pandemia, com o tempo que ficou suspenso o transporte coletivo, as pessoas se viram obrigados a descobrir novos caminhos, e encontraram. Alguns partiram para a bicicleta, outros para o veiculo próprio, inclusive adotando o “esquema parceria”, onde outras duas ou três pessoas precisariam se deslocar para o mesmo local, como o centro, por exemplo, e dividiram as despesas com combustível, e em alguns casos ficou até mais barato que o transporte coletivo. Algumas empresas viabilizaram o transporte com vans contratadas. As atitudes mudaram, o numero de passageiros diminuiu, e a tansul como empresa não pode bancar o bom samaritano e trabalhar com prejuízo. Isso precisa ser analisado por quem de competência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *