Geral

Uczai comemora 1% a mais de FPM

PERCENTUAL REPERCUTE NO INCREMENTO DA RECEITA AOS MUNICÍPIOS. BOA PARTE TEM NO FPM A PRINCIPAL FONTE DE RECURSOS

Lembrando de dois socorros aos municípios em 2009 (por Lula) e 2014 (com Dilma) com aporte adicional de 1% do FPM nas contas dos municípios, deputado federal Pedro Uczai (PT) comemorou a aprovação da PEC que tornará esse incremento oficial. O adicional virá à conta gotas com 0,25% a mais ano que vem e esse percentual se acumulando ano a ano até chegar 1% a mais e 2025. Uczai integrou a Comissão Especial da Câmara que encaminhou o tema para a votação, incluindo o incremento em previsão constitucional, via PEC.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Para municípios de maior porte que têm a receita decorrente de vários itens, tal incremento não significa muito, embora sejam esses que mais irão receber. Mas pequenos municípios (que se constituem a maioria) acabam tendo um incremento no FPM, principal fonte na formação da receita mensal.

Deputado Uczai, que esteve na segunda-feira, 04, com Lula e a boa notícia do incremento gradativo do FPM a partir da aprovação de PEC nesse sentido

PARA LAGES ISSO

REPRESENTA QUANTO?

No mês de setembro o repasse a título de FPM para Lages totalizou R$ 4.373.261,64. O incremento representaria R$ 43.732,61. E se considerar que o acumulado desde janeiro rendeu R$ 63.076.673,33 líquidos de FPM, a repercussão do incremento em 9 meses para a arrecadação do município seria de R$ 630.766,00. Ou seja, tudo que agrega é bem-vindo.

A título de curiosidade, os valores acima se referem aquilo que chegaram aos cofres municipais de Lages neste ano de FPM

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *