Geral

Unifacvest administrar ala do Tereza Ramos?

“Não tenho nenhum estudo em andamento para administrar o hospital (ou parte dele). Temos focado superar situações burocráticas que dificultam a instalação do Curso de Medicina, mas não fizemos estudos de gestão sobre o hospital”.

Palavras do reitor do Centro Universitário Unifacvest, professor Giovani Broering, sobre informação de que teria interesse na terceirização da nova ala do Hospital Tereza Ramos e que levaria uma proposta ao governador Carlos Moisés nesse sentido. “Não vamos enviar qualquer proposta pela simples razão de não termos feito o referido estudo de viabilidade econômica”, cita Broering.

Broering: Há foco para implantar Curso de Medicina no Centro Universitário, mas sem estudo para administrar a nova ala do Tereza Ramos. Pelo menos por enquanto

ORIGEM DA INFORMAÇÃO

Deputado Marcius Machado indagou ao reitor da Unifacvest se a instituição teria capacidade técnica para a gestão de uma estrutura hospitalar como a nova ala (ou parte dela) do Hospital Tereza Ramos. Giovani Broering respondeu que sim, considerando os laboratórios  e a atuação prática de acadêmicos ligados à área da Saúde, mantidos pela instituição universitária. Porém, não há qualquer estudo iniciado nesse sentido.

SOBRE A NOVA ALA

DO TEREZA RAMOS

O esclarecimento ocorre até para não ser criada expectativa de que a solução para colocar a nova ala do Tereza Ramos em funcionamento está a caminho, através da Unifacvest, e isso não se consumar, dando a entender que a instituição não teria conseguido. Na prática, salvo costuras de bastidores dos gestores da área da Saúde do Governo do Estado, a entrada em funcionamento da nova ala segue em banho maria, sem nenhum fato novo ou diferente.

Exuberante, estrutura bonita, enorme e ainda fechada. Não há fatos novos sobre a entrada em funcionamento da nova ala do hospital Tereza Ramos. Pelo menos por enquanto!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *