Geral

Unifacvest: Morre o professor Ceniro

“O professor Ceniro esteve ao meu lado e da minha família desde o dia em que decidimos investir no setor educacional. Possuidor de um grande conhecimento da legislação e da dinâmica do setor público, foi fundamental para a criação do Colégio Univest, na expansão do Supletivo Univest e na criação da Unifacvest. Um grande amigo nos deixa hoje. Eu e a minha família somos imensamente gratos por este tempo de convivência. Que ele descanse na merecida paz”.

A manifestação acima é do Reitor do Centro Universitário Unifacvest, Giovani Broering, diante do falecimento do professor Ceniro Ferreira de Souza. Ele tinha 76 anos e lutava contra um câncer. Um acidente automobilístico havia limitado sua locomoção, mas era um otimista na superação dos problemas e retorno ao convívio dos seus e atuação no ambiente de trabalho.

PROCURADOR UNIFACVEST

Como bem lembrou o professor e Reitor Giovani Broering, desde o início da caminha do projeto daquilo que é o Centro Universitário Unifacvest, professor Ceniro sempre esteve por perto emprestando seus conhecimentos jurídicos, administrativos e experiências da atuação na área pública. Fora servidor estadual por um bom tempo e tinha formação em Ciências Contábeis. Sempre se atualizado, fez Mestrado em Ciências da Computação e estava para concluir o Doutorado em Direito.

ATOS FÚNEBRES

Desde as 18 horas deste domingo, o corpo do professor Ceniro está sendo velado na Capelinha da Igreja São Pedro, no bairro Morro do Posto. Seu sepultamento acontecerá esta segunda-feira, no Distrito de Índios, no cemitério local.

Essa imagem completou seis anos na sexta-feira, 17 de setembro: Professor Ceniro (à direita) ao lado dos gestores da Unifacvest nas explanações de expansão e consolidação do Centro Universitário

Compartilhe

1 thought on “Unifacvest: Morre o professor Ceniro”

  1. Muito triste a notícia da morte do professor Centro, tive o prazer de trabalhar com ele na Unifacvest. Inteligente, educado e de bom coração. Meus sinceros sentimentos à família e aos amigos. Que o Eterno o receba em seus braços de amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *